• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

VIVER A VIDA DOS OUTROS

 

A maioria das pessoas vive a vida dos outros e não a sua própria. Querem usar determinadas roupas porque determinadas pessoas estão usando. Se compram um carro, querem tal modelo porque está na moda ou porque aquela pessoa muito visada socialmente também tem, mesmo que, no fundo, o seu desejo fosse por outro modelo. Muitos frequentam lugares e vão a determinadas festas porque vai lhes dar projeção social, mesmo que, nesses lugares sintam-se sozinhas no meio da multidão. Escolhe as amizades por conveniência e não por verdadeira afinidade. Infelizmente o número de pessoas que estão nesse processo é assustador. Perderam a individualidade, anularam o que realmente são para assumir o papel e a vida dos outros. A consequência será o vazio interior, a tristeza, a solidão e a depressão. Não entre nessa. Saia dessa hipnose coletiva. Seja sempre você. Não cultive a ilusão de querer imitar os outros. Você é um espírito único, original, singular. Deus não fez duas pessoas iguais, nada na natureza se repete, nem os milhões de folhas de uma mesma árvore são iguais. Quando você foge de você para assumir um papel social está negando seu espírito e em consequência negando Deus. Assumirá compromissos que não são pra você, obrigações desnecessárias e tediosas, viverá uma vida que não foi feita pra você e será muito infeliz. Não faça isso. Seja original. Esse é o único e verdadeiro caminho para a felicidade.

 

Maurício de Castro

 

 

 

 

Relacionados

Open chat