• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

DEIXA A VIDA ME LEVAR… PARA ONDE?

Verso de música muito cantada pelos brasileiros nos diz: ?Deixa a vida me levar, vida leva eu, sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu?.
Existe igualmente um dito popular que informa: ?Quem não sabe para onde ir, qualquer caminho lhe serve?.
É muito certo que devemos ser gratos ao Criador por tudo que recebemos, especialmente a cada dia que vivenciamos momentos felizes e outros que, embora menos felizes, nos trazem lições para aperfeiçoamento moral.
No entanto, deixar-nos levar pela vida a fora, sem projetos, sem perspectivas, aguardando tão somente que as coisas aconteçam, nos parece algo infantil, atribuindo sempre a terceiros as causas de tudo que se nos envolva. Isso simplesmente significa estar desconectado do sentido de viver. Afinal, não estamos no mundo apenas para comer, trabalhar, procriar e descansar. Devemos ter um mínimo de planos e perspectivas sobre presente e futuro.
?Se não sabemos para onde ir, qualquer lugar que cheguemos pode servir?. Analisando com mais cuidado, podemos retirar desse dito popular, significativa lição, uma vez que somos coparticipantes de um Projeto Divino, com metas, objetivos, comprometimento participativo incluindo tomadas de decisões – funcionais, familiares, sociais, comunitárias. Viver é realizar uma caminhada que tem início, meio e fim, conectados por procedimentos coerentes como de seres dotados de inteligência.
?A cada dia bastam suas angústias?, nos disse Jesus, no entanto, isso não significa deixar-nos levar pela vida como folhas ao vento. Nossos percalços físicos, emocionais, financeiros, são obstáculos que servem como degraus para crescimento e evolução. Desviar desses obstáculos é protelar a caminhada retardando o progresso pessoal. Somos seres individuais nas mais variadas etapas de intelectualidade, moralidade, sempre em constante aprimoramento, rumo à perfeição, destino final.
Devemos, pois, ter o cuidado de saber o que desejamos da vida e onde objetivamos chegar, fazendo escolhas apropriadas às mais diversas situações que o caminho e a caminhada nos oferecem. A isso podemos chamar de: VIVER A VIDA!

 

Autor: Danilo Schilling – Jornal A FOLHA DO LITORAL

Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat