• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

VALORES

Como anda a sua escala de valores?
Ser imortal que você é, tem buscado valorizar o que tem valor efetivo, ou
ainda tem dado importância às coisas efêmeras e fúteis?
Tem ocupado seu tempo com coisas úteis ao seu progresso intelectual e moral
ou somente com as coisas passageiras, na busca de satisfações imediatas?
Esses questionamentos devem ser uma constante em nossas vidas, ou, pelo
menos na vida daqueles que realmente anseiam por melhores dias.
Alguns de nós dedicamos muito tempo relembrando ou lamentando o passado.
Ou, ainda, pensando no futuro próximo nos esquecemos de viver o presente. O
momento atual. O nosso hoje.
O passado deve nos servir de lição, de experiência, mas é passado e não pode
ser modificado.
O futuro, esse sim, é construído agora, no momento atual. E não pode ser
antecipado.
Por vezes, a sociedade tem se ocupado com coisas que não contribuem em nada
e até são prejudiciais ao desenvolvimento do ser.
Exemplo disso, nós encontramos na mídia.
Madre Teresa, que dedicou sua vida ao bem, fazendo das suas mãos uma
extensão das mãos do Suave Rabi da galiléia, atendendo os necessitados de
Calcutá, dá menos ibope nos meios de comunicação, do que uma luta de boxe,
por exemplo.
Homens se esbofeteando ocupam os horários nobres nos telejornais, nas
revistas e em outras mídias.
São pagos milhões de dólares para vê-los esmurrarem-se mutuamente e ficamos
satisfeitos.
Cientistas que dedicam a vida inteira, comprometendo a saúde em busca de
melhores dias para a humanidade, são desconhecidos, quase não se ouve falar
deles.
Os piores traficantes, assassinos, seqüestradores, esses sim, são notícia.
Talvez esses venham a ser os ídolos dos nossos filhos, pois desses eles
ouvem falar, e muito.
Assim, vale a pena pensar sobre o que temos valorizado. Sobre que valores
temos passado aos nossos filhos.
Enquanto pessoas vazias dão respostas tolas, quando entrevistadas, Madre
Teresa expressou um pouco da sua grande sabedoria, ao responder um pequeno
questionário:
O dia mais belo? Hoje.
A coisa mais fácil? Errar.
O maior obstáculo? O medo.
O maior erro? O abandono.
A raiz de todos os males? O egoísmo.
A distração mais bela? O trabalho.
A pior derrota? O desânimo.
Os melhores professores? As crianças.
A primeira necessidade? Comunicar-se.
O que mais lhe faz feliz? Ser útil aos outros.
O maior mistério? A morte.
O pior defeito? O mau humor.
A pessoa mais perigosa? A mentirosa.
O pior sentimento? O rancor.
O presente mais belo? O perdão.
O mais imprescindível? O lar.
A rota mais rápida? O caminho certo.
Sensação mais agradável? A paz interior.
A proteção efetiva? O sorriso.
O melhor remédio? O otimismo.
A força mais potente do mundo? A fé.
As pessoas mais necessárias? Os pais.
A mais bela de todas as coisas? O amor.
Vale a pena anotar essas pérolas de sabedoria de alguém que foi um exemplo
de vida, comprometida com os mais nobres e duradouros valores.

 

Fonte: Desconhecida

Relacionados

Open chat