• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

DIVINA

 

(Umberto Sussela Filho)

 

Deus em sua sabedoria

Deu ao mundo esplendor

Deixou guardado o amor

Para um ser em particular

Que pode fácil se emocionar

Equilibrando o ser da razão

Reservou o seu coração

A quem souber conquistar

 

Deus deu também a ela

As armadilhas do Amor

A expectativa e o dissabor

Que só os sensíveis tem

E junto com isso também

Lhe entregou a esperança

De gerar uma criança

Que só ela o poder tem

 

Deus deu a ela habilidades

A de plantar e de colher

Da sua história escrever

Onde uma força contida

Que os caminhos da vida

Revelam com naturalidade

E despertam uma vontade

Mostram sempre uma saída

 

Assim o ser diferente

Traz o poder da sedução

E no seu frágil coração

Para quem não compreende

Se recupera e surpreende

Ficando de pé na luta

Sendo qual for a disputa

O bruto ao Amor se rende

 

As variações deste ser

Assim singela ou bravia

Traz a Paz e a Harmonia

Como também tempestade

Tudo depende da vontade

Que seu sentimento produz

Quase sempre se faz Luz

Preservada sua liberdade

 

Um Universo de variações

Não resume com certeza

A singularidade da beleza

Que aos caminhos ilumina

Seja na anciã ou na menina

Sentimentos acima da Razão

Só residem no coração

Da mulher, criação DIVINA

Relacionados

Open chat