• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Zico e Romário selam paz e brilham em Maracanã lotado

Digiqole ad

O Maracanã foi palco de diversas atuações brilhantes de Romário e Zico. E neste domingo, as 72 mil pessoas que foram ao estádio viram os dois ídolos do futebol brasileiro acabarem com uma desavença de mais de dez anos e lembrarem os velhos tempos no “Jogo das Estrelas”.

Na partida beneficente, o time de Zico e Romário, formado por campeões brasileiros pelo Flamengo, empatou com os Amigos de Zico por 5 a 5.

Desafetos há onze anos em virtude de uma polêmica envolvendo o corte de Romário da Copa de 1998, Zico e o ex-camisa 11 trocaram abraços e pedidos de desculpas. Além de passes para belos lances.

“A gente vai ficando mais velho e reconhece os erros. Foi uma atitude digna do Zico me convidar e eu aceitei na hora. Podemos fazer muitas coisas interessantes pelo futebol”, disse Romário.

A renda da partida, R$ 253.298,00, será revertida para a família do ex-goleiro do Flamengo, Zé Carlos, que morreu neste ano; para Washington, atacante do Fluminense campeão brasileiro em 1984 e que sofre com uma doença degenerativa; e para instituições de caridade.

O jogo: Dentro de campo, Romário e Zico trataram de servir Adriano, que perdeu grandes oportunidades. Já os Amigos de Zico não perdoaram e abriram o placar com um gol de Alcindo após lindo passe de Amoroso.

Se Adriano, ídolo da equipe atual do Flamengo, não resolvia, o velho craque do time rubro-negro tratou de balançar as redes: Zico, em cobrança de pênalti, demonstrou a categoria de sempre e deixou tudo igual.

O antigo camisa 10 ainda virou o jogo. Após tabelar com Romário, Zico deu um belo corte em um adversário e bateu na saída de Carlos Germano: 2 a 1 para os campeões pelo Flamengo.

Contudo, ainda no primeiro tempo, os Amigos de Zico conseguiram o empate. Aos 35min, Vagner Love tocou para Edmundo – que era vaiado pela torcida a cada toque na bola. O ex-jogador do Vasco só ajeitou e Djalminha acertou uma bomba no canto esquerdo de Gilmar Rinaldi.

O segundo tempo foi marcado por um show de Romário. Após receber passe de Ibson, o ex-camisa 11 deslocou o goleiro e apenas tocou para as redes.

Astro do futsal, Falcão respondeu para os Amigos de Zico com um belo gol de voleio. Na sequência, Felipe Adão, filho do ex-atacante Cláudio Adão, virou a partida: 4 a 3.

O time dos campeões pelo Flamengo, porém, não desistiuo e fez 4 a 4 em cobrança de pênalti de Romário, que ainda deu um passe para Zico virar a partida mais uma vez.

Após balançar as redes pela terceira vez no jogo, Zico, maior artilheiro da história do Maracanã com 333 gols, deixou o campo ovacionado. Romário continuou no gramado realizando grandes lances, mas teve que ver Bruno Morais fazer 5 a 5. Nada, porém, que estragasse a festa de reconcialiação entre Zico e Romário.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat