• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Você acha que não nasceu para matemática? Improvável, diz pesquisador

 Você acha que não nasceu para matemática? Improvável, diz pesquisador
Digiqole ad

“Nós todos somos matemáticos, mesmo não percebendo isso”, afirmou Marcus du Sautoy, escritor e professor de matemática da Universidade de Oxford. Segundo ele, em entrevista para o jornal The Guardian, matemática não é apenas decorar a tabuada, mas identificar padrões em tudo o que é vivenciado e usá-los para planejar e resolver soluções.

 

O professor utiliza como exemplo a evolução da espécie humana. Na luta pela sobrevivência, aqueles que compreenderam que os animais poderiam comer os humanos, quem teve a capacidade de negociar o território com outros humanos, naquele momento, de acordo com Marcus, também é um teste de raciocínio matemática, bem como a habilidade de identificar rapidamente vantagens ou desvantagens numéricas em combates para saber se é caso de lutar ou fugir. Somos todos descendentes, diz Du Sartoy, daqueles que acertaram essas e muitas outras contas primitivas.

Discalculia – A dificuldade de aprendizagem dos números e de executar tarefas aritméticas é chamada de discalculia. O professor acredita que apenas 5% da população mundial tenha algum grau do distúrbio. Ele alerta que o ensino fraco das escolas e falta de confiança dos alunos na sala de aula não devem ser considerados sintomas da doença.

Marcus revela que ele mesmo não era bom com a tabuada na escola, pois não gostava e nem assimilava assuntos ensinados de forma mecânica. Quando percebeu que incorporava as matérias relacionadas a temas abstratos com mais facilidade, como os algoritmos, descobriu que o tema a era realmente 'feito' para ele: “Matemática é inteiramente lógica, não há nenhum ingrediente ou truque mágico misterioso envolvido.”

O uso correto da mente é o caminho para melhorar o relacionamento com os números. “Você está tentando resolver problemas que ninguém sabe a resposta. É crucial que acredite na sua capacidade de chegar à solução da questão. A matemática é uma busca involuntária humana e que tem muita história, pois é uma língua universal e todos nós podemos aprender a falar. “

(Da redação)

 

 

Crédito: http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/voce-acha-que-nao-nasceu-para-matematica-improvavel-diz-pesquisador

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat