• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Um dia após o temporal em Vacaria: Dia de tentar colocar as coisas em ordem

Digiqole ad

Nessa terça-feira, dia 30 a população de Vacaria está tentando colocar em ordem suas residências que foram atingidas pelo temporal com queda de granizo que se abateu na tarde de ontem e que provocou estragos em diversos bairros da cidade.

O prefeito Elói Poltronieri decretou Situação de Emergência devido à grande quantidade de residências, escolas e prédios públicos que foram atingidos pelo temporal.

Os fortes ventos seguidos da chuva de granizo que se abateu sobre Vacaria na tarde de segunda-feira, dia 29 por cerca de 20 minutos, derrubou árvores e pinheiros em cima de casas e carros, destelhou casas parcialmente ou totalmente.

Uma placa existente em frente ao INSS no Centro da cidade entortou e quase veio abaixo (FOTO).

Parte de uma cobertura de uma residência vôo (não se sabe de onde), e acabou batendo na placa frontal do Centro Radiológico do Hospital Nossa Senhora da Oliveira.

Uma parte do zinco da cobertura do Centro Sócioeducacional Dom Orlando Dotti levantaram e, os galhos de pinheiros existentes no local caíram em cima da cerca que protege a APAE.

Os casos mais graves foram registrados na Rua 20 de Setembro, número 155, do Bairro Flora, quando o telhado da residência de dois pisos da sra. Alice Domingues de Moraes vôo e outra parte veio abaixo molhando todos os seus pertences.

Everton Faraco, um dos três netos que mora com a idosa no piso superior da casa contou que tudo foi muito rápido e que pouca coisa foi salva, inclusive na parte inferior da casa onde mora seu pai e sua madrasta.

“Ontem à noite nos mudamos as presas. Por enquanto, estamos morando com vizinhos e pretendemos ir para uma casa que alugamos até que a situação melhore”, disse ele a reportagem da Rádio Esmeralda.

A poucas quadras da casa de Everton, na mesma rua, uma outra residência foi atingida e seus moradores também mudaram as presas, pois a estrutura casa ficou comprometida.

Na Rua Ramiro Barcelos um pinheiro foi arrancado com raíz e caiu em cima das residências números 223, 241 e 243.

A maior parte do pinheiro atingiu a casa de dona Teresa Biazus que não estava em casa no momento do temporal, outra parte do pinheiro caiu na garagem e depósito de uma tabacaria e a copa da araucária caiu sobre a cozinha da casa de uma micro-empresária.

A Defesa Civil do município, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e as secretarias municipais de Obras e Assistência Social continuam trabalhando em prol das pessoas que tiveram problemas com os ventos e granizo ontem a tarde.

A RGE tem mais de 15 equipes trabalhando no sentido de normalizar a energia elétrica nas residências atingidas pelo temporal.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda FM – 93,1

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat