• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Sobe para 9 o número de mortos em acidente de ônibus em Santa Catarina

Digiqole ad

Ônibus, com 42 pessoas a bordo, despencou numa ribanceira na BR-282, em SC.

Duas mulheres que tinham sido levadas pelos bombeiros para o Hospital Regional de São José, em Santa Catarina, morreram na manhã deste domingo (11), elevando para nove o número de pessoas mortas no acidente com um ônibus da empresa Reunidas, ocorrido na madrugada, em Alfredo Wagner, a 110 km de Florianópolis, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

Há seis feridos graves internados em hospitais de Lages e Florianópolis e outros 24 em vários hospitais de cidades menores da região. Sete pessoas, entre elas uma criança, morreram no momento do choque. A empresa ainda não divulgou os nomes dos passageiros.

Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade vizinha de Bom Retiro, primeira unidade de resgate na cena, o ônibus saiu da pista e caiu numa ribanceira, por volta das 4h30, numa curva perigosa da rodovia BR-282, onde outros acidentes já aconteceram.

O veículo capotou várias vezes, numa distância de 80 metros. Motoristas de carros que viram o acidente foram os primeiros a socorrer as vítimas e chamar bombeiros e Samu.

Conforme Vinícius Marins, porta-voz da Reunidas, o ônibus saiu de Posadas, na Argentina, com destino a Florianópolis, com 40 passageiros, todos brasileiros, embarcados na escala em Passo Fundo (RS).

O veículo foi fabricado em 2006 e segundo Marins estava com a manutenção em dia.
A PRF ainda não conseguiu apurar as causas do acidente. O tempo estava bom e não havia muito movimento na rodovia. O motorista do ônibus está entre os mortos.

Alguns passageiros relataram à polícia que o ônibus estaria em alta velocidade pouco antes do acidente, mas os relatos não puderam ser confirmados. A maioria usava cinto de segurança.

Em viagens longas como a do acidente, a empresa usa dois motoristas, em revezamento. O que morreu tinha assumido o volante apenas duas horas antes, em Lages, também conforme relato de passageiros.

A Reunidas deslocou equipes para atender as famílias das vítimas, reunidas em um hotel em Florianópolis.

 

Crédito: Renan Antunes de Oliveira Do UOL, em Florianópolis

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat