• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Sinovac diz desenvolver versão da vacina CoronaVac adaptada à variante ômicron

 Sinovac diz desenvolver versão da vacina CoronaVac adaptada à variante ômicron
Digiqole ad

A farmacêutica chinesa Sinovac disse nesta terça-feira (07), durante simpósio realizado pelo Instituto Butantan, que está desenvolvendo uma versão da vacina CoronaVac adaptada à variante ômicron.

A expectativa é a de que a atualização do imunizante fique pronta em três meses, ou seja, até fevereiro de 2022. O anúncio foi feito pelo presidente da farmacêutica, Weidong Yin, durante o Simpósio CoronaVac. O evento começou nesta terça-feira e irá até quinta-feira (09).

A proposta é promover a discussão científica sobre a eficácia e segurança da vacina no Brasil e em outros países, além de debater os resultados do estudo de efetividade Projeto S, realizado na cidade de Serrana, interior de São Paulo.

O encontro reúne pesquisadores brasileiros de diversas áreas e especialistas dos Estados Unidos, Turquia, Chile, China e Espanha.

Testes CoronaVac

O Instituto Butantan começou na última quinta-feira (1°) um estudo para analisar a efetividade da vacina CoronaVac contra a nova variante da Covid, a ômicron.

Os testes iniciaram após pedido da Anvisa, que solicitou a todos os laboratórios que produzem os imunizantes aplicados no país façam estudo pra verificação de eficácia contra a ômicron. O Instituto Adolfo Lutz enviou ao Butantan as amostras dos três casos confirmados da doença para viabilizar as análises.

A CoronaVac é produzida a partir do vírus inativado, ou seja, pelo vírus morto ou por partes dele. Esses vírus não conseguem provocar a doença, mas são suficientes para gerar uma resposta imune e criar no organismo uma memória de como nos defender contra uma ameaça.

 

Fonte: OSul

Digiqole ad

Relacionados

Open chat