• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Sete candidaturas são impugnadas pela Procuradoria Regional Eleitoral

 Sete candidaturas são impugnadas pela Procuradoria Regional Eleitoral
Digiqole ad

Sete candidatos às eleições deste ano tiveram suas candidaturas impugnadas pela Procuradoria Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul. Agora os processos serão analisados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), quando julgar o pedido de registro de candidatura. O TRE deve realizar os julgamentos e publicar as decisões ainda em agosto.

Entre os candidatos à Assembleia Legislativa, foram impugnados os registros de Élio Melvin Jones do Amaral, da coligação “Rio Grande Unido Pode Mais”, Valdir Severo Borin, da coligação “União Verde Ecológica Cristã”, Antonio Valdeci Oliveira de Oliveira, do Partido dos Trabalhadores e Fabio Josue Leote, da coligação “A Força do Rio Grande”. Já entre os candidatos à Câmara dos Deputados, foram impugnadas as candidaturas de Flavio Percio Zacher, da coligação “A Força do Rio Grande” e Ségio Luís Stasinski, da União Verde Ecologica Cristã. O candidato suplente ao Senado, Sérgio Camps de Morais, da coligação “O Novo Caminho para o Rio Grande”, também teve a candidatura impugnada.

Todas as impugnações foram movidas com base na Lei das Inelegibilidades e pela Lei da Ficha Limpa, e em informações obtidas de fontes como Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado, Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Tribunal de Contas da União e conselhos regionais profissionais. O candidato que tiver o registro indeferido pelo TRE pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral e, enquanto aguarda o novo julgamento, continuar a campanha. Foram analisados registros de 1055 candidaturas.

A Rádio Gaúcha entrou em contato com representantes de todos os candidatos que tiveram registros impugnados. Eles afirmaram que irão buscar mais informações a partir desta quarta-feira (16) para prepararem suas defesas. Todos dizem estar confiantes sobre a reversão da situação.

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat