• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Seleção brasileira vira, vence a Coreia do Sul e continua invicta no Grand Prix

Digiqole ad

A seleção brasileira feminina de vôlei continua invicta em sua caminhada rumo ao oitavo título do Grand Prix. Na madrugada deste domingo (horário de Brasília), a equipe derrotou a Coreia do Sul, que jogava em casa, por 3 sets a 1 (25/27, 25/15, 25/15 e 25/19). Esta foi a nona vitória consecutiva do Brasil no torneio.

O jogo na cidade de Mokpo começou com 50 minutos de atraso, já que Alemanha e Japão fizeram uma partida muito equilibrada na preliminar. As orientais levaram a melhor e venceram por 3 sets a 2 (23/25 25/14 25/18 25/21 15/10).

A fase final será disputada em Tóquio, entre 19 e 23 de agosto. O Brasil luta pelo título contra Holanda, China, Rússia, Alemanha e Japão (sede do torneio).

O Brasil começou o jogo com bons ataques e bloqueios, mas errando nos saques. Mesmo assim, foi para a primeira parada técnica vencendo por 8 a 5. Na volta, a equipe melhorou e chegou a abrir cinco pontos de vantagem na segunda paralisação: 16 a 11.

A equipe da casa não se abateu com o marcador adverso e reagiu em quadra. O técnico Zé Roberto Guimarães pediu tempo quando o placar apontava 18 a 16 para as brasileiras, mas não deu muito certo. Forçando o saque, as coreanas empataram em 18 a 18 e passaram à frente em 20 a 19.

O jogo se manteve equilibrado e as brasileiras ainda perderam dois set points, deixando Zé Roberto muito irritado. Já a equipe coreana não desperdiçou a chance e fechou a parcial na primeira oportunidade que teve: 27 a 25.

As broncas do treinador surtiram efeito e o Brasil não deu chance para as rivais no segundo set. Foi para o primeiro tempo técnico ganhando por 8 a 1 e administrou a vantagem em seguida, fazendo 16 a 9. Sem sustos, fechou a parcial em 25 a 15 após o bloqueio duplo funcionar.

A superioridade brasileira continuou no terceiro set. Concentrada, a equipe foi para as paradas com vantagem segura: 8 a 4 e 16 a 7. As coreanas esboçaram uma pequena reação, diminuindo para 17 a 13, mas o Brasil tratou de fechar logo o set, repetindo a parcial anterior: 25 a 15.

No quarto set, a Coreia do Sul voltou a equilibrar a partida. Tanto que o tempo técnico foi com vantagem mínima para as visitantes: 8 a 7. Mas o Brasil conseguiu abrir três pontos na sequência e as meninas já mostravam um semblante tranquilo quando o placar apontava 16 a 13. No retorno à quadra, as comandadas de Zé Roberto mantiveram o ritmo forte e selaram o triunfo com um ataque de Sheilla: 25 a 19.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat