• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Seleção brasileira passa sufoco, mas supera a Venezuela na Liga Mundial

Digiqole ad

Com a classificação garantida para as finais na Sérvia, o segundo jogo contra a Venezuela pela fase intercontinetal da Liga Mundial era para ter cara de amistoso. Mas, embora o técnico Bernardinho tenha aproveitado a ocasião para testar alguns jogadores, os venezuelanos deram trabalho para os brasileiros. Jogando na casa dos adversários, o Brasil garantiu a vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 34/32 e 25/19, neste domingo.

Bernardinho montou uma seleção diferente para começar a partida com Sidão no lugar de Lucão, Thiago Alves na posição de Murilo e Rivaldo na de Leandro Vissotto. Mas Serginho, que no jogo anterior deu lugar a Mario Jr. e ficou na reserva, voltou para sua posição de titular.

Apesar das novidades, o experiente Rodrigão foi quem liderou o Brasil no primeiro set. Logo no início, a seleção abriu, mas a Venezuela conseguiu encostar e, forçando no saque, chegou a empatar em 23 a 23. Bernardinho lançou então João Paulo como oposto, que ajudou a equipe a fechar em 25 a 23.

No segundo set, entretanto, os brasileiros entraram desconcentrados. Errando muito principalmente nos ataques, acabaram permitindo a vantagem da Venezuela em 6 a 0. Com o forte saque de Thiago Alves, o Brasil conseguiu empatar em 19 a 19 e foi trocando a liderança no placar até fechar com dificuldade em 34 a 32, com uma bomba no saque de Rivaldo.

Depois do intervalo, os brasileiros voltaram a atacar melhor, enquanto a Venezuela parecia abatida com a derrota no set que já estava quase ganho. Com um ataque de João Paulo, a equipe de Bernardinho fechou o set em 25 a 13 e partida em 3 a 0.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat