• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Sartori anuncia nesta segunda novos nomes que devem integrar secretariado

 Sartori anuncia nesta segunda novos nomes que devem integrar secretariado
Digiqole ad

Está prevista para ocorrer na manhã desta segunda-feira a segunda rodada de anúncios dos escolhidos pelo governador eleito José Ivo Sartori para integrar o primeiro escalão do Palácio Piratini. A tendência é de que sejam revelados quatro nomes oriundos dos aliados do PP e PDT. Também é possível que o secretário da Segurança, um delegado de Polícia Federal, seja oficializado.

O anúncio será feito por Sartori, que passou o final de semana em Caxias do Sul. Ele estará acompanhado pelos futuros secretários. Na última sexta-feira, em conversa com o presidente do PP, Celso Bernardi, o governador eleito confirmou que havia batido o martelo para as indicações dos deputados estaduais progressistas Pedro Westphalen, para os Transportes, e Ernani Polo, para a Agricultura. Sartori ainda informou que iria contatar os dois por telefone no final de semana para oficializar os convites.

Se os nomes do PP estão definidos, no PDT ainda há incerteza. O deputado federal Vieira da Cunha deve ficar na Educação, mas para Obras, Saneamento e Habitação segue a dúvida entre Gerson Burmann e Eduardo Loureiro.

– A preferência do Sartori é pelo Loureiro. Ele só não vai ser secretário se não quiser – detalhou uma liderança do PMDB.

Delegado federal faz parte da lista

Para a Segurança, o governador eleito indicará um delegado da Polícia Federal. Secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame foi consultado e apontou sugestões. É possível que Sartori faça um novo anúncio de secretários terça-feira. Os acertos precisam ser feitos até quarta-feira, quando terá de ser enviado à Assembleia, em regime de urgência, o projeto de lei que desenha a estrutura do secretariado.

Os nomes do PSB e do PSDB devem ser os últimos a serem anunciados. Os socialistas, cotados para ocupar a pasta do Desenvolvimento Rural e indicar Miki Breier para o Trabalho, estão insatisfeitos com o espaço ofertado pelo governador eleito. Alegam que foram aliados de primeira hora, sustentando a campanha financeiramente quando Sartori ainda estava longe de decolar na intenção de voto dos gaúchos.

– O Beto (Albuquerque) está batendo forte. E com razão. O Sartori terá de se acertar com o PSB. Se eles vão ter só duas secretarias, terão de ficar com a presidência de alguma estatal – afirma um peemedebista do alto escalão da sigla.

O PSDB foi convidado por Sartori para assumir a Secretaria de Minas e Energia, tendo como representante o deputado estadual Lucas Redecker. Os tucanos, contudo, desejam outra pasta e alegam que Minas e Energia, depois de ser desmembrada dos Transportes, ficou esvaziada.

Equipe em formação

Nomes já confirmados

Casa Civil: Márcio Biolchi (PMDB)
Fazenda: Giovani Feltes (PMDB)
Secretaria-Geral: Carlos Búrigo (PMDB)

Devem ser anunciados nesta segunda

Transportes: Pedro Westphalen (PP)
Agricultura: Ernani Polo (PP)
Educação: Vieira da Cunha (PDT)
Obras, Saneamento e Habitação: Eduardo Loureiro (PDT) ou Gerson Burmann (PDT)

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat