• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Samsung Galaxy S5 é uma atualização de luxo do Galaxy S4

 Samsung Galaxy S5 é uma atualização de luxo do Galaxy S4
Digiqole ad

A Samsung colocou no mercado em abril deste ano o seu mais novo smartphone premium, o Samsung Galaxy S5 a partir de R$ 2.599, o modelor com 16 GB. Com a promessa de ser um celular inovador, o gadget da empresa sul-coreana mostrou-se na verdade uma atualização de luxo de seu antecessor, o Samsung Galaxy S4.

Poucas são as mudanças visuais. Nem seu design alterou muito. Por mais que tenha a traseira com a nova proteção, continua sendo o mesmo aparelho neste quesito, sem mais ou menos.

Mas a diferença pode ser percebida no hardware e sistema. A equipe da Samsung Mobile fez alterações pontuais em suas especificações, começando pelo sistema Android 4.4.2 (Kit Kat). Já a conexão 4G é a outra grande novidade, dando à linha Galaxy um novo conceito de
velocidade de rede.

No processador, a mudança é mais perceptível. Com um chip de 2.5 gigahertz (GHz) quad core, o celular flui em harmonia com a memória RAM de 2 gigabytes (GB) e com a tela de 5.1 polegadas Super Amoled e seus 16 GB de espaço em disco (que podem ser expandidos para 128 GB).

Além dos aplicativos funcionarem sem grandes problemas, as cores parecem ganhar mais vivência em relação aos outros aparelhos.

A câmera de vídeo do aparelho não possui grandes mudanças relativas à resolução para fotos. A resolução do S4 era de 13 megapixels. A do S5, 16 megapixels, sendo a frontal de dois megapixels. As fotos em luminosidade baixa e média funcionam bem. Já em alta luminosidade fica um pouco granulada.

Porém, a vantagem do celular está sua gravação de vídeo que consegue atingir resolução em ultra-alta-definição (UHD – 4K), ou seja, quatro vezes o Full HD, atingindo 3840 x 2160 por 30 quadros por segundo (fps). Mesmo com a opção em 4K, ainda é possível gravar em Full HD, HD e VGA.

A bateria de 2,8 mil mAh é outra pequena decepção. Ela consome mais rápido que outros concorrentes diretos do S5 sem o modo ultra econômico, como Sony Xperia Z2 e o LG G Flex. Por outro lado, ele não tem tantos problemas de superaquecimento.

Vale destacar que seu som funciona melhor com fone de ouvido. Sem o fone, a caixa de som traseira deixa o som meio abafado e mal distribuído.

O certificado IP67, garantindo que o celular é à prova de poeira e de água coloca o aparelho entre os principais gadgets premiums do mercado.

Funcionalidades
O identificador de digitais, também conhecido como leitor biométrico, para travar e destravar o celular, são os grandes diferenciais deste aparelho. No entanto, a utilidade disso no dia-a-dia é quase rara. Além disso, a Samsung alerta que o monitor cardíaco não deve ser levado em conta como um aparelho de saúde. De toda a forma, o leitor biométrico ainda é um pouco difícil de usar. É necessário passar o dedo mais de uma dezena de vezes até desbloquear o aparelho.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat