• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Reservas decidem, Brasil faz cinco no Peru e garante retorno ao Mundial

 Reservas decidem, Brasil faz cinco no Peru e garante retorno ao Mundial
Digiqole ad

Veio do banco a solução para o Brasil superar um primeiro tempo ruim e golear o Peru por 5 a 0, nesta quarta-feira, pela quarta rodada do hexagonal final do Sul-Americano sub-20 (veja os gols acima). Thalles, duas vezes, Nathan e Malcom, reservas no começo do jogo, entraram e fizeram os gols – o titular Leo Pereira completou o placar – que colocaram a Seleção no Mundial da categoria depois da ausência em 2013, já que o Paraguai perdeu para a Argentina por 3 a 0. 

 

O triunfo sobre o lanterna do hexagonal deixou o Brasil com sete pontos, mesmo número de Uruguai, que ainda joga na rodada – a Celeste faz o último jogo do dia contra a Colômbia, que tem cinco pontos. A Argentina lidera, com dez. O Paraguai tem um e não tem mais chances de ir ao Mundial, assim como o Peru – os quatro restantes estão classificados. 

Para completar, o Brasil conseguiu sua primeira goleada na competição. O ataque canarinho não vinha sendo tão prolífico, mas se encontrou ante a pior defesa do hexagonal. A retaguarda brasileira, mesmo sem o capitão Marlon, com o nariz fraturado, teve seu terceiro jogo nesta fase sem ser vazada. 

Os primeiros 20 minutos da seleção foram tenebrosos. Nervosos, os jogadores erravam passes fáceis e apelavam para os chutões ao menor sinal de dificuldade. Com isso, deram confiança ao Peru, que rondou com perigo a área brasileira, mas esbarrou na falta de qualidade para causar maiores danos. 

Aos poucos, o time melhorou, mas apenas o suficiente para limitar os riscos. No ataque, os problemas dos outros jogos voltaram a aparecer, com poucas jogadas de perigo construídas. O time se limitava a chutar de longe, mas sem muita pontaria. 

A situação começou a ser resolvida de maneira involuntária. Gerson, titular, sentiu um problema físico e deu lugar a Nathan ainda aos 35 minutos do primeiro tempo. Seu impacto no time viria somente na etapa final: logo aos três minutos, após boa jogada, o camisa 10 pegou rebote de chute de Caju e abriu o placar. 

O gol pareceu ter tirado um peso dos jogadores. Mais confiantes e com mais espaço para jogar – o Peru teve de ir à frente -, os brasileiros melhoraram na partida. Marcos Guilherme recuou para o meio de campo após a entrada de Thalles no lugar de Lucas Evangelista no intervalo e deu mais criatividade ao setor. 

Até a pontaria nos chutes de longe melhorou. Coube a Thalles, pela primeira vez reserva no hexagonal, aumentar a vantagem brasileira. Em dois belos chutes de fora da área, aos 11 e 17 minutos, o atacante vascaíno ampliou o placar. 

Com a situação confortável, a porteira peruana se abriu de vez. Aos 26, Malcom recebeu de Kenedy, invadiu a área livre, driblou o goleiro e bateu para o gol vazio.Onze minutos depois, Leo Pereira, de cabeça, selou a goleada. 

Peru: Prieto; Perleche (Da Silva), Bernaola, Abram e Zurek (Peña); Aquino, Garcés, Cossio, Rostaing e Ugarriza; Succar (Vigil).

Brasil: Marcos; João Pedro, Nathan Cardoso, Leo Pereira e Caju; Walace, Lucas Evangelista (Thalles) e Gerson (Nathan); Marcos Guilherme, Kenedy e Yuri Mamute (Malcom).

 

 

Crédito: http://globoesporte.globo.com/futebol/sul-americano-sub-20/noticia/2015/02/reservas-decidem-brasil-faz-cinco-no-peru-e-fica-perto-de-vaga-no-mundial.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat