• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Rajadas de vento acima dos 100 km/h são registradas em Uruguaiana, na Fronteira Oeste

Digiqole ad

Depois de provocar temporais na Argentina, onde ventos de até 120 km/h causaram destruição e, segundo a imprensa local, a morte de pelo menos seis pessoas em Buenos Aires e arredores, uma frente fria avança, desde a madrugada, pelo sul do Estado.

Às 6h, já havia registro de temporais, com chuva intensa e ventos fortes na Fronteira Oeste, na Campanha, na Zona Sul e na Região Central. Chovia em toda a faixa de fronteira do Uruguai, desde o oeste, em Uruguaiana, até Rio Grande, no leste.

Além de chuva forte, a instabilidade provoca muitos raios, trovoadas e ventos intensos. Em Uruguaiana, foram registradas rajadas de até 108 km/h, no aeroporto da cidade.

Em Dom Pedrito, na Campanha, e em Canguçu, no Sul, o vento alcançou 90 km/h, medidos pela estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Ainda, a temperatura está caindo rapidamente, em Canguçu, por exemplo, em 2h, foi registrada uma queda de quatro graus.

Em Bagé, os ventos chegaram a 61 km/h e, em Jaguarão, a 75 km/h. Os volumes acumulados de chuva já eram significativos em Bagé (25 mm, até as 7h) e Jaguarão (13,6 mm). Mas a maior intensidade da chuva está prevista para o Noroeste. Os acumulados podem alcançar até 60 mm na região de Cruz Alta.

A frente fria está avançando rapidamente e deve alcançar a Região Metropolitana antes das 9h e atingir o norte do Estado ainda pela manhã. Porto Alegre amanheceu com os termômetros marcando 22ºC, e o vento não passando dos 12 km/h.

O tempo já deve melhorar à tarde, no Sul, e até o fim do dia no restante do RS. A temperatura deve cair bastante em relação a quarta-feira, quando a máxima chegou a 36,6°C, em São Gabriel. Depois de uma madrugada bastante quente (em Santa Maria, fazia 26,9°C, às 5h), durante o dia os termômetros não devam passar dos 25°C na maioria das regiões.

 

Crédito: Zero Hora

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat