• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Próxima versão do Android vai ganhar novo design

 Próxima versão do Android vai ganhar novo design
Digiqole ad

O Google lançou uma nova linguagem de design para a próxima versão do Android. Chamada de “Material Design”, ela tem como objetivo unificar o look do sistema operacional em todos os dispositivos, seja smartphone, tablet ou desktop.

Com o novo design, o próximo Android, chamado por enquanto de “L”, terá mais profundidade, de acordo com Matias Duarte, vice-presidente de design do Google, que apresentou a novidade durante a conferência de desenvolvedores da empresa em São Francisco (EUA).

Na demonstração, Duarte mostrou um sistema com aparência mais sofisticada, detalhes que parecem em camadas e animações elegantes nos aplicativos. A nova linguagem já está disponível para os desenvolvedores. A ideia é que os apps criados na plataforma do Google tenham uma aparência similar, da mesma forma que a Apple tem diretrizes de design para os desenvolvedores de iOS e Mac.

Android “L”
Durante o evento, o enfoque da próxima versão do Android foi mesmo o design. No entanto, detalhes foram mostrados durante o evento Google I/O. As notificações, por exemplo, serão melhoradas. Na tela bloqueada, o usuário vai poder dar dois toques na notificação para abrir o aplicativo ou deslizar o dedo para deletá-la. Um outro tipo de notificação, mais discreta, vai aparecer enquanto o usuário estiver usando um aplicativo. A ideia é que elas não atrapalhem as atividades em processo.

Por fim, o Google apresentou um desbloqueio mais inteligente do celular. Na demonstração, Dave Burke, diretor de engenharia do Android, desbloqueou um smartphone apenas deslizando o dedo na tela. O executivo usava um smart watch, e o celular conseguiu reconhecer que o relógio estava por perto, portanto não apresentou nenhuma camada de segurança. Quando Burke tirou o relógio do pulso, o smartphone não desbloqueou diretamente, mas mostrou uma tela para que ele digitasse uma senha. O mesmo processo pode ser feito com uma rede Wi-Fi de casa, por exemplo, ao invés de um smart watch. A ideia é que o smartphone saiba quando está em um ambiente protegido.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat