• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Produtor de Amy Winehouse, Mark Ronson acerta a mão em disco solo

 Produtor de Amy Winehouse, Mark Ronson acerta a mão em disco solo
Digiqole ad

A última edição do Grammy ocorreu há dois dias, mas a festa de 2016 já tem candidato seriíssimo a levar a maioria dos gramofones dourados: Mark Ronson. Um dos mais bem-sucedidos produtores da última década — responsável por lançar ninguém menos que Amy Winehouse —, o inglês de 39 anos sai dos bastidores para ver seu próprio nome brilhar, com o recém-lançado Uptown Special, seu quarto álbum. 

 

Riquinho inglês exilado em Nova York após o divórcio dos pais, Ronson se apaixonou pela cena hip-hop do final dos anos 1980 e, na sequência, tornou-se obcecado pela música negra americana. Sem qualquer traquejo para o palco, virou DJ e amigo de celebridades da música, do cinema e da moda.

Bem relacionado e com bagagem musical suficiente, começou a produzir discos de qualquer um que estivesse interessado em um pouco de black na sua music. Em 2006, depois de trabalhar com gente tão diferente quanto o rapper casca-grossa Ol’ Dirty Bastard e a ninfeta Lily Allen, finalmente acertou a mão comAmy Winehouse e seu arrasador Back to Black.

O álbum rendeu três Grammy a Ronson e o colocou no Olimpo dos grandes produtores. Depois de Amy, vieram Adele, Kaiser Chiefs, Robbie Williams,Duran Duran e até Paul McCartney, todos interessados no toque de Midas do inglês. Sua fama atravessou o oceano e, claro, chegou aos astros pop americanos – o primeiro foi Bruno Mars, que o convocou para Unorthodox Jukebox, em 2012.

No disco de Ronson, a vencedora dobradinha entre ele e Mars se repetiu com o single Uptown Funk. A música homenageia o R&B dos anos 1980 com verniz pop – não à toa, tirou Taylor Swift do seu reinado no topo das listas de canções mais executados e está há nove semanas na liderança nos EUA e Reino Unido. 

Espécie de Get Lucky de 2015 (pela base retrô, vocação para as pistas de dança e prêmios semelhantes ao sucesso do Daft Punk), Uptown Funk puxou Uptown Special, o disco completo – que traz ainda participações do guitarrista Kevin Parker, do psicodélico Tame Impala, de Stevie Wonder e do premiado escritor americano Michael Chabon como parceiro nas composições. Sem dar chance para ninguém, estreou direto no primeiro lugar entre os mais vendidos.

Grammy 2016, aí vai Ronson.

 

Crédito: http://zh.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/noticia/2015/02/produtor-de-amy-winehouse-mark-ronson-acerta-a-mao-em-disco-solo-4697008.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat