• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Procuradoria do STJD denuncia Brasil-Pel e Londrina por ação de torcedores

 Procuradoria do STJD denuncia Brasil-Pel e Londrina por ação de torcedores
Digiqole ad

Uma semana após solicitar as imagens do jogo entre Brasil de Pelotas e Londrina, ocorrido em 28 de junho pela Série C do Campeonato Brasileiro, para analisar a conduta dos torcedores de ambos os clubes no Bento Freitas, a Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) liberou, nesta segunda, denúncia contra Brasil e Londrina. Enquanto a equipe gaúcha corre o risco de perder até dez mandos de campo, o time paranaense pode ser excluído da Terceirona. O julgamento ainda não tem data para acontecer. 

O árbitro Evandro Tiago Bender (SC) relatou, na súmula, cusparadas de torcedores do Brasil de Pelotas na direção de Patrick, atacante do Londrina, aos 13 minutos de bola rolando. O fato foi comunicado ao quatro árbitro da partida, Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS), por João Severo os Santos, supervisor de futebol do Londrina, que filmou, com um celular, as cusparadas. As cusparadas não foram percebidas pela equipe de arbitragem no momento em que aconteceram. O próprio jogador também não comunicou, na hora do fato, ter sido vítima das mesmas, assim como, o árbitro também relatou na súmula.

Já o Londrina entrou na mira da Procuradoria por conta da imitação de um macaco feita por um torcedor do Tubarão durante o intervalo do jogo. O fato foi registrado pela TV Esporte Interativo, o que gerou até uma nota de repúdio do Brasil de Pelotas horas após a partida. No dia seguinte ao jogo, a “Falange Azul”, torcida organizada da qual o homem flagrado faz parte, defendeu o torcedor, alegando que a sua atitude foi, na verdade, a reposta irônica após provocações de torcedores do Brasil que assistiam ao jogo em cima de uma árvore.

O Brasil é, com 12 pontos após seis rodadas, o vice-líder do Grupo B da Terceirona. Já o Londrina, com 11, é o terceiro. No próximo domingo, o Xavante receberá o Madureira, no Bento Freitas, a partir das 16h. Já o Tubarão, no dia seguinte, visitará o Caxias, no Centenário, às 20h15. 

As punições previstas para cada clube:

Brasil de Pelotas: Denunciado por infração ao artigo 213, inciso I, parágrafo 1º do CBJD (Deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: desordens em sua praça de desporto). Pena prevista: multa de R$ 100 a R$ 100 mil. Se a desordem for de elevada gravidade, a entidade poderá ser punida com a perda de mando de campo de uma a dez partidas.

Londrina: Denunciado com base no artigo 243-G, parágrafo 3º do CBJD (Praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência). Londrina corre risco de receber punição de multa entre R$ 100 a R$ 100 mil, além de perda de pontos, perda de mando de campo e até exclusão do campeonato.

Histórico pesa contra os dois clubes:

Uma briga generalizada entre jogadores e a comissão técnica de Londrina e Brasil de Pelotas marcou o segundo e decisivo jogo da semifinal da Série D de 2014 entre os dois times, realizado no Estádio do Café, no dia 1º de novembro – a partida terminou com empate em 2 a 2, o que garantiu o time gaúcho na decisão, após ter vencido por 3 a 1 na ida. Como consequência, o time paranaense, mandante da partida, foi punido com a perda de dois mandos de campo – já cumpridos – nesta Série C e multa de R$ 20 mil. O STJD também puniu 18 jogadores e membros da comissão dos dois times.

 

Crédito: http://correiodopovo.com.br/Esportes/561019/Procuradoria-do-STJD-denuncia-BrasilPEL-e-Londrina-por-acao-de-torcedores

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat