• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Primeiro Encontro para a Sustentabilidade dos Campos de Cima da Serra ocorreu em Vacaria

Digiqole ad

A Administração Municipal de Vacaria juntamente com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Fórum Agenda 21 promoveram nesta quinta-feira, (22) dia Mundial da Água, o 1º Encontro para a Sustentabilidade dos Campos de Cima da Serra, no plenário da Câmara de Vereadores.

O evento contou com o apoio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, Secretaria de Educação, 23ª Coordenadoria Regional de Educação, Coordenadoria da Juventude, Aporte Projeto e Construção, Transportes Cavalinho, Amucser, Mecânica Scânia Vacaria, Baesa, Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Agropecuária Schio, Ministério Público e patrocínio da Corsan.

Pela manhã a programação do Encontro contou com a apresentação da palestras “Água: Consumo e Cidadania”, com Alberto Carlos Paganella, da Corsan – Vacaria e “Rio + 20 e Sustentabilidade Local” com o pesquisador, historiador e jornalista Carlos Eduardo Sander.

À tarde houve a apresentação da proposta de criação do Centro Regional de Educação Ambiental pela coordenadora do Fórum Agenda 21, Maria Maciel Gil e pela Coordenadora do Programa Permanente de Educação Ambiental de Vacaria, Marli Borsoi. Na sequência a palestra do representante do MEC, da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão José Vicente de Freitas e a Mesa Redonda com o tema “Rumo a Rio + 20 e à Sustentabilidade das Cidades com a participação dos representantes das seguintes entidades e instituições: Corsan, Agenda 21 de Passo Fundo, Departamento de Meio Ambiente, Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Amucser, Ministério Público, Secretaria de Educação, Coordenadoria da Juventude e Agenda 21 Vacaria.
Após a Mesa-Redonda os participantes do encontro elaboraram um manifesto ambiental para a sustentabilidade dos Campos de Cima da Serra reproduzido a seguir na íntegra:

Este Manifesto foi produzido coletivamente pelos representantes da Associação dos Municípios dos Campos de Cima da Serra (André da Rocha, Bom Jesus, Campestre da Serra, Capão Bonito do Sul, Esmeralda, Ipê, Jaquirana, Monte Alegre dos Campos, Muitos Capões, Pinhal da Serra, São José dos Ausentes e Vacaria) juntamente com professores, profissionais e representantes de todos os segmentos da sociedade para a discussão do desenvolvimento sustentável da região, no dia 22 de março de 2012, durante o 1º Encontro para a Sustentabilidade dos Campos de Cima da Serra.
A educação ambiental tem como proposta, iniciativas que visem o desenvolvimento regional, além de trabalhar com ações educacionais que valorizam o meio ambiente e o ser humano.

“A educação ambiental fomenta novas atitudes nos sujeitos sociais, e novos critérios de tomada de decisões dos governos, guiados pelos princípios de sustentabilidade ecológica e diversidade cultural, internalizando-os na racionalidade econômica e no planejamento do desenvolvimento. Isto implica em educar para formar um pensamento crítico, criativo e prospectivo, capaz de analisar as complexas relações entre processos naturais e sociais, para atuar no ambiente com uma perspectiva global, mas diferenciada pelas diversas condições naturais e culturais que o definem” (LEFF, 2001:256).
A criação de um centro de referência em educação ambiental da região fomentará a implantação das Agendas 21 Locais dos 12 municípios dos Campos de Cima da Serra.
Principais linhas de trabalho
Preservação dos recursos hídricos;
Sensibilização para a mudança de hábitos visando redução de consumo e diminuição de resíduos sólidos;
Incentivo à coleta seletiva e a preservação ambiental;
Educação ambiental como processo permanente de transformação;
Incentivo às políticas públicas efetivas voltadas ao saneamento básico, mobilidade urbana e recuperação de florestas e habitats naturais;
Estímulo à responsabilidade sócio-ambiental;
Direcionamento para a educação política, crítica e includente respeitando a diversidade cultural, social e biológica;
Valorização do ser humano e criação de espaços de diálogo através da educação ambiental como processo continuado, transversal e inovador;
Valorização do trabalhador rural incluindo temas referentes ao trabalho no campo;
Integração de projetos entre as secretarias das prefeituras dos municípios envolvidos através de ações combinadas e articuladas coletivamente.

Este manifesto tem a seguinte proposição final:
– Oficialização imediata do Centro Regional de Educação Ambiental, com sede no Mercado Público Municipal de Vacaria, na Rua Sergipe, nº 135, Bairro Pinheiros que servirá de suporte para as ações de Educação Ambiental nos municípios;
– Oficialização da Agenda 21 local em cada município da AMUCSER até o final de 2012;
– Implementação da Agenda 21 Regional dos Campos de Cima da Serra durante o primeiro semestre de 2013;

 

Crédito: Prefeitura Municipal

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat