• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Prefeitura de Farroupilha vai decretar situação de emergência

Digiqole ad

A prefeitura de Farroupilha vai encaminhar documentação nesta terça-feira para a Defesa Civil do Estado decretar situação de emergência no município da Serra, onde cerca de 400 casas foram danificadas em razão do temporal dessa segunda-feira. A cidade necessita de lonas e telhas, mas de acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, tenente Ivan Martins, nem as lojas possuem mais materiais para vender aos moradores que tiveram as residências atingidas pelo granizo.

Entre os imóveis afetados está um prédio anexo do Colégio Estadual Farroupilha, onde funcionava um laboratório e um refeitório. Duas merendeiras foram encaminhadas ao hospital São Carlos com ferimentos leves, já que o telhado desabou. Elas já foram atendidas e liberadas. O edifício está interditado e as aulas foram suspensas, segundo o tenente.

“Trabalhamos até as 3h, auxiliando famílias que tiveram as casas danificadas. Grandes eucaliptos também caíram nas rodovias da região. A partir de agora, estamos informando os moradores que venham buscar lonas na nossa sede, pois não temos condições de ir a todos os locais atingidos”, explicou o comandante.

Postes e árvores caem em vários municípios

Em Caxias do Sul, o vento forte destelhou casas, derrubou árvores e postes. No estádio Centenário, uma das torres de luz caiu em direção a uma vila na chamada Zona do Cemitério. Apesar do susto, a estrutura não feriu ninguém. Um muro do clube também desabou, atingindo dois carros. No campus da Universidade de Caxias do Sul (UCS) vidros foram estilhaçados pelo granizo e os alunos foram liberados.

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto informou que a queda de uma árvore rompeu uma adutora de água bruta do Sistema Faxinal. Equipes da autarquia foram ao local, na região de Ana Rech, para realizar o conserto. Com isso, o serviço, que abastece 69% dos caxienses, está interrompido.

A tormenta atingiu também a cidade de Bento Gonçalves, porém, o Corpo de Bombeiros atendeu somente chamados de árvores caídas em diversos bairros, entre eles São Roque, Centro, Vila Nova III e São Bento. Em Carlos Barbosa, o Corpo de Bombeiros registrou 15 destelhamentos de casas.

Ao menos 12 postes caíram nas ruas da cidade e 10 árvores interromperam o tráfego na ERS 446 e na RSC 470 durante a madrugada. Na cidade de Garibaldi, os bombeiros receberam 64 chamados, incluindo destelhamentos e quedas de árvores.

Mais de 20 mil seguem sem luz

A Rio Grande Energia (RGE) registra 22 mil pontos sem luz nesta terça-feira. A situação ocorre em Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi, Farroupilha, Nova Petrópolis, Carlos Barbosa, São José dos Ausentes e Jaquirana. Ainda não há previsão para restabelecimento. Na noite dessa segunda-feira, um problema na linha de transmissão da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) deixou às escuras 110 mil consumidores da RGE na região.

 

Crédito: Correio do Povo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat