• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Prefeito de Vacaria lamenta a morte do ex-vereador e radialista Chimia

Digiqole ad

O acidente que matou o ex-vereador Valdemir Lira de Lima deixou boa parte dos moradores de Vacaria em luto. O político, mais conhecido como Chimia, foi eleito em 2008 pelo PTB, com 1.165 votos. Em 2011, ele deixou a sigla e se filiou ao PSD. Em 2012, disputou novamente uma vaga no Legislativo, mas não se reelegeu.

O prefeito de Vacaria, Elói Poltronieri (PT), lamentou a morte de Chimia. Apesar das diferenças políticas, os dois nunca deixaram de se relacionar.

— O conheci antes de ele entrar na política. O Chimia e a esposa, Marivone, tinham liderança forte no Monte Claro, um dos bairros mais antigos de Vacaria. Ele sempre teve posições muito fortes, defendia sua linha de pensamento — declarou o prefeito.

Chimia trabalhou em olaria, chapeação, mecânica, foi gerente de mercado, se formou em Jornalismo e se tornou vereador. Atualmente, apresentava dois programas na Rádio Esmeralda, aos sábados. Ele morreu no dia do aniversário, quando completaria 45 anos.

— Ele ajudou muita gente, era um cara 100%, que não aceitava mentiras — lembrou o irmão Claudiomir Lira de Lima, 39.

No momento do acidente, Chimia voltava com a esposa e um irmão de Porto Alegre, onde haviam assistido a um casamento. Ele deixa os pais, dois irmãos, a esposa e dois filhos. Chimia foi enterrado na manhã deste domingo.

Na foto em destaque Marivone (esposa), Kimberly (filha) e Chimia.

 

Crédito: Jornal Pioneiro

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat