• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Polícia Federal paralisa amanhã atividades no Rio Grande do Sul

Digiqole ad

A partir da meia-noite desta terça-feira, cerca de 150 servidores da Polícia Federal gaúcha irão paralisar as atividades por 24 horas em apoio ao movimento nacional da categoria. A Associação Regional dos Delegados de Polícia Federal no Rio Grande do Sul estima que 90 profissionais participem da ação. Durante a mobilização, cerca de 60 peritos e administradores da PF também devem cruzar os braços.

A partir das 9h30min desta quarta-feira, uma assembleia será realizada no prédio da corporação em Porto Alegre para analisar os rumos do movimento. O objetivo da paralisação, iniciada há uma semana em todo o País, é cobrar do governo uma posição quanto às reivindicações da categoria, incluindo a reposição salarial dos valores perdidos ao longo dos últimos seis anos.

A greve da PF prejudica serviços executados pela corporação, como oitivas, registro de porte de arma, atendimento a estrangeiros, controle de empresas de vigilância e de produtos químicos, além da emissão de passaportes, restrita a casos de emergência.

Policiais federais suspendem operação-padrão no Estado

O Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Sul (Sinpef/RS) decidiu, no início da noite dessa segunda-feira, suspender as operações-padrão previstas para as próximas 48 horas no Estado, a fim de aguardar uma reunião com representantes do Ministério do Planejamento, agendada para esta quarta-feira.

 

Crédito: Correio do Povo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat