• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Polícia deflagra operação contra quadrilha gaúcha de estelionatários

Digiqole ad

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta segunda-feira a operação Cadeado, na Serra gaúcha. A ação busca desarticular uma quadrilha de estelionatários que agia em todo o Estado, mas que tinha como base o município de Farroupilha. Um homem de 35 anos, que seria o líder do grupo, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma. Na casa dele, no bairro Pio X, a polícia apreendeu um revólver calibre 38.

O suspeito é dono de uma agropecuária, localizada no bairro 1º de Maio, em Farroupilha. No local, os policiais apreenderam mais de 100 pares de calçados, cinco cortadores de grama, três furadeiras, martelo elétrico, pulverizadores, barracas, colchões infláveis e botas.

A operação é comandada pelo titular da 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria, delegado André Diefenbach, já que a quadrilha agia principalmente no Centro do Estado. No jargão policial, o golpe é conhecido como “Arara”. Segundo o delegado, o grupo comprava empresas que estavam desativadas, mas que possuíam Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). Os CNPJs passavam por vários laranjas até que esses obtivessem linhas de crédito em bancos. Com o dinheiro, a quadrilha fazia compras em diversos fornecedores e vendia a mercadoria comprada de forma ilegal.

A investigação teve início em fevereiro de 2011 e a polícia estima que o prejuízo já chegue a R$ 500 mil. São cumpridos 16 mandados de busca e apreensão em Farroupilha e um em Erval Grande, no Alto Uruguai. Participam 12 policiais de Santa Maria, 10 de Bento Gonçalves e Farroupilha, utilizando oito viaturas.

 

Crédito: Correio do Povo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat