• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Polícia Civil prende um dos homens que estuprou adolescente em Vacaria

 Polícia Civil prende um dos homens que estuprou adolescente em Vacaria
Digiqole ad

Foi preso na noite de ontem, quarta-feira, dia 22, em Vacaria, o homem identificado como FELISBINO SILVA PADILHA, com 21 anos de idade.

A prisão foi realizada por policiais civis em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Poder Judiciário após FELISBINO ter sido reconhecido como sendo um dos estupradores de uma adolescente de 14 anos de idade.

O crime ocorreu ainda no mês de outubro do ano passado em Vacaria, quando a adolescente foi atacada por três homens e estuprada por um deles.

FELISBINO foi reconhecido pela adolescente como sendo o autor do estupro. Devido ao fato, a vítima engravidou.

Conforme informações do delegado Flademir Paulino de Andrade, titular da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), FELISBINO, no ano de 2005, foi acusado e condenado por ter estuprado a mesma adolescente quando ela tinha apenas 6 anos de idade.

O delegado Flademir informou ainda, que um outro homem, também foi preso por policiais civis na noite de ontem como suspeito de ter participado do mesmo estupro, porém não foi reconhecido pela vítima, motivo pelo qual a DPCA de Vacaria requisitará ao Poder Judiciário a revogação do Mandado de Prisão do mesmo.

Agora, a DPCA de Vacaria terá 10 dias para concluir o Inquérito Policial e tentar identificar os outros criminosos.
Se condenado, FELISBINO ficará sujeito a uma pena que poderá chegar a 10 anos de reclusão.

ESTUPRO DE MENOR EM VACARIA, PODE TER SIDO VINGANÇA.

O suspeito de estuprar uma menina de 14 anos em outubro em Vacaria teria agido por represália, acredita o titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, Flademir Paulino de Andrade. O homem já havia sido condenado em 2005 por ter estuprado a menina quando ela tinha seis anos.

— Nós acreditamos que a motivação (do estupro de outubro) foi vingança, já que ele passou muito tempo preso por causa daquele crime — desconfia Andrade.

A detenção ocorreu na noite desta quarta-feira em cumprimento de mandado de prisão preventiva. A jovem, que engravidou, foi atacada por três homens e violentada por um deles. Ela ia para uma padaria perto de casa quando o trio se aproximou em um carro mostrando fotos dela e de familiares retiradas do Facebook. Em seguida, levaram a adolescente para um matagal.

— Segundo ela, eles a doparam e, quando ela acordou estava sendo violentada pelo homem. Os outros dois ajudaram a segurar — revela o delegado.

De acordo com o delegado no entanto, ela não reconheceu o homem no momento do crime, embora morem próximos. Após a identificação, foi a polícia quem descobriu o envolvimento dele com crime anterior.

Outro suspeito preso, que havia sido condenado por participação no estupro em 2005, não foi reconhecido pela adolescente e acabou libertado. Não há indícios, segundo o delegado de que a violência sexual contra a menina ocorria com frequência. Em caso de condenação, o homem preso pode pegar até 10 anos de prisão.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo e Delegado Flademir Paulino de Andrade

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat