• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Polícia Civil juntamente com a Brigada Militar e a PRF realizaram combate a exploração sexual infanto-juvenil

 Polícia Civil juntamente com a Brigada Militar e a PRF realizaram combate a exploração sexual infanto-juvenil
Digiqole ad

A Polícia Civil de Vacaria juntamente com a Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal desencadeou no início da noite desta sexta-feira, 08.05, a “Operação Combate à Exploração Sexual Infanto-juvenil”.

A operação acontece em nível estadual, no âmbito do Departamento Estatual de proteção à Criança e Adolescente, DECA, em decorrência da mobilização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil, que é lembrado no dia 17, nível Estadual, e dia 18 de maio data Nacional.

Em Vacaria locais suspeitos da existência de prostituição foram verificados e 9 estabelecimentos noturnos averiguados.
Um dos estabelecimentos estava em situação irregular, boate que exercia a atividade desobedecendo normas administrativas, caracterizando uma contravenção penal. A boate clandestina foi fechada e a responsável pelo local conduzida ao plantão policial para o registro da ocorrência.

A operação mobilizou sete viaturas (PC – BM e PRF) e dezenove policiais. Também foram feitas abordagens e verificações em 47 veículos e nas ruas da cidade, especialmente Julio de Castilhos (próximo a rede ferroviária), estação rodoviária e BR 116.

Na terça feira, duas prisões. Dia 05 de maio, quando começou o desenvolvimento da Operação foi constatada a presença de duas adolescentes em prostituição, ocasião em que foram presos em flagrante um casal, a mulher era proprietária de um prostíbulo e o homem era responsável pela facilitação da exploração sexual das menores. O local estava irregular, fato que também gerou uma ocorrência por contravenção penal.

Desde o início da operação de Combate à Exploração Sexual Infanto-Juvenil foram encontradas 323 pessoas nos estabelecimentos investigados e locais suspeitos, as quais foram revistadas e devidamente identificadas.

As operações neste sentido, visando proporcionar ações de segurança pública/repressão à delitos nos pontos suspeitos da prática de exploração sexual contra crianças e adolescentes e demais crimes conexos, como tráfico e uso de drogas, terão continuidade através de ações conjuntas pelos órgãos da segurança pública.

 

 

Crédito: Polícia Civil de Vacaria

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat