• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Plantão Policial: Vacaria registra o 3º homicídio do ano. Polícia investiga o caso

Digiqole ad

Por volta das 6h30min da manhã dessa segunda-feira, dia 11, Rodrigo Mota Ribeiro, 30 anos, conhecido também por “Mira-Mira”, preso do regime semiaberto do Presídio Estadual, em Vacaria, foi executado com 5 tiros.

Conforme informações da Polícia Civil, o crime aconteceu na esquina das ruas Alípio Ramiro Porto com Vitor Matheus Teixeira, no bairro Mauá – KM – 4, bem próximo ao ginásio de esportes.

Segundo informações, “Mira-Mira”, recém havia saído do presídio e dirigia-se aquele bairro, onde residia, quando foi atingido por cinco disparos de arma de fogo.

O autor dos disparos fugiu e a Polícia Civil de Vacaria investiga o caso.

De acordo com o delegado Carlos Alberto Defaveri, titular da Delegacia de Polícia, “Mira-Mira”, possuía extensa ficha policial, especialmente por crimes de roubos a mão-armada, tendo passado grande parte de sua vida adulta atrás das grades. Ele era irmão de Anderson Mota Ribeiro, o Feijão.

Segundo dados do Departamento de Jornalismo da Rádio Esmeralda, “Feijão”, que tinha na época 25 anos, foi morto há dois anos e 8 meses, no bairro Chácara das Palmeiras, quando também na ocasião foi morto Jorge Pereira Ribeiro, de 27 anos, conhecido como “Assolan”, que foram mortos por Daniel Gomes Paim, 26 anos, de Caxias do Sul, que já havia matado duas pessoas naquele cidade.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda e delegado Carlos Alberto Defaveri

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat