• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Plantão Policial: PC de Vacaria prende dois individuos preventivamente

Digiqole ad

A DPPA/Posto de Proteção à Mulher de Vacaria, sob a coordenação dos delegados de Polícia Alencar Carraro e Vítor Fernando Boff, com o apoio da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente, delegado Anderson Silveira de Lima e da Delegacia de Polícia de Vacaria, através do delegado Carlos Alberto Defaveri e inúmeros agentes de polícia, realizou na manhã dessa sexta-feira, dia11, duas importantes prisões com o auxílio da Lei Maria da Penha.

As iniciais do primeiro indivíduo a ser preso é A.D.R (camisa clara), de 33 anos de idade, natural de Vacaria. O delegado de Polícia Carraro, salientou que o meliante tem um longo histórico de violência doméstica, ensejando a separação com sua esposa.

No entanto, no último final de semana ele utilizou duas jovens de Vacaria para atrair a ex-companheira até uma casa e lá mediante tentativas de estrangulamento e ameaça com faca, estuprou a vítima, que tem 30 anos, e é natural de Vacaria, tudo na presença dos dois filhos menores, sendo um de 1 ano e oito meses e outro de 6 anos.

O delegado afirmou que a criança de 6 anos confirmou em depoimento realizado com a participação de uma psicóloga, ensejando “A Representação por Prisão Preventiva”.

Ao final do ato sexual, o algoz ainda disse” no próximo sábado tem mais”. O indivíduo foi preso por volta das 9 horas da manhã de hoje, em casa, no Bairro Jardim dos Pampas e foi encaminhado ao Presídio Estadual de Vacaria.

Alguns minutos após, os policias civis de Vacaria cumpriram Mandado de Prisão preventiva contra o individuo de iniciais E.S.C de 26 anos de idade, natural de Vacaria, morador do Bairro Vila Imperial.

A ex-companheira do preso já havia efetuado inúmeros registros policiais por violência doméstica, o que ensejou a decretação das “Medidas Protetivas” previstas na Lei Maria da Penha.

Apesar da proibição de não poder se aproximar da vítima, que tem 26 anos, E.S.C foi até a sua residência da vítima e a agrediu com tanta truculência que acabou arrancando oito dentes da mulher, mutilando seu rosto.

A agressão foi tão violenta que o preso chegou a machucar a mão direita com gravidade. Chegou até a efetuar um registro na DP local dizendo que a sua ex-companheira havia “lhe quebrado a mão”.

Após ser levada ao hospital de Vacaria, atendida e liberada, o delegado de Polícia Alencar Carraro representou pela prisão Preventiva do agressor, sendo imediatamente deferida pela 2ª Vara Criminal de Vacaria.

Após a devida identificação, colhido termo de declarações, indiciado por Lesão Corporal Grave, E.S.C de camisa azul foi encaminhado ao Presídio Estadual de Vacaria.

Nos últimos dias ocorreram sete prisões em Vacaria envolvendo violência doméstica , entre Prisões em Flagrante e prisões preventivas, demonstrando a confiança na Polícia Civil local por parte da comunidade, que vem denunciando as agressões, sendo respaldada pelos órgãos policiais.

Essas informações foram fornecidas pelo delegado de Polícia da DPPA/Posto de Proteção à Mulher de Vacaria, Alencar Carraro, que salientou ainda que a Polícia Civil está trabalhando cada vez mais para que a população, principalmente as mulheres vítimas de maus tratos denunciem seus algozes para que isso não mais aconteça.

 

Crédito: Delegado Alencar Carraro

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat