• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Pedágios: o assunto do dia em Vacaria

 Pedágios: o assunto do dia em Vacaria
Digiqole ad

Aconteceu nesta quinta-feira 06, na Casa do Povo, encontro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e a Empresa Gaúcha de Rodovias denominado Diálogos – RS.

O evento contou com a presença do governador do Estado, Tarso Genro que chegou às 11h45min de helicóptero no estádio Alto da Glória. Logo Após ele se deslocou até o parque Santa Tereza onde almoçou com autoridades e convidados.

Além do governador, participaram do encontro prefeitos da região, secretários de Estado, empresários, trabalhadores, lideranças, conselheiros, entre outros.

Segundo o secretário-executivo do Conselho de Desenvolvimento do Estado, Marcelo Danéris, “a finalidade dessas atividades é apresentar a proposta do Governo Estadual e debater como devem ser geridas as estradas ao final dos atuais contratos, reunindo críticas e avaliações dos usuários para definir o funcionamento do novo modelo, a partir de critérios técnicos, políticos e democráticos”.

Logo após entrevista coletiva do governador Tarso na Casa do Povo, foi dado início ao encontro. O auditório Oscar Niemayer esteve completamente lotado e por quase duas horas houve diversos debates sobre os pedágios.

Já está definido que as rodovias estaduais vão ter pedágio comunitário administrado pela EGR – Empresa Gaúcha de Rodovias e o valor a ser cobrado é de R$ 5,20. Já há críticas nesse sentido, pois os valor cobrado hoje nas praças de pedágio é de R$ 7,00 e o novo modelo já começa com valores praticamente iguais.

Sobre as rodovias federais que é o caso de Vacaria com as BRs 285 e 116, o superintendente do DNIT no estado Pedro Luzardo Gomes afirmou que não haverá mais cobrança de pedágio, mas garantiu que o Governo Federal vai dar manutenção às estradas. Porém não haverá serviços de guincho e nem de ambulâncias.

Também esteve presente o diretor da EGR Luis Carlos Bertoto. Ele disse que a idéia é desonerar o bolso dos gaúchos reduzindo os valores cobrados e no caso das rodovias federais, extinguindo as praças.

O governador Tarso Genro também ouviu na Casa do Povo, um grupo de alunos de escolas estaduais,manifestando contrariedade ao novo modelo de educação chamado de ensino politécnico. Foi engtregue ao governador uma carta sobre as incertezas desse novo modelo e o que os alunos gostariam que fosse modificado.

Tarso também ouviu o 30º Núcleo do CPERS através do seu diretor Flávio Longhi,sobre piso salarial da categoria e para que não haja desconto de dias parados dos professores em uma mobilização feita recentemente.

 

Crédito: Miro Santos/Rádio Esmeralda

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat