• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

PC e BM aprendem grande quantidade de maconha em Bom Jesus

Digiqole ad

Por volta das 8 horas da manhã dessa quinta-feira, dia 12, cerca de 28 homens da Polícia Civil e Brigada Militar coordenados pelos delegados de Polícia Reinaldo Zequinão Neto, de Bom Jesus e Carlos Alberto Defaveri, de Vacaria, localizaram 18 tijolos de maconha que pesavam entre 800 gramas e um quilo e 100 gramas cada um e uma espingarda.

A apreensão aconteceu numa propriedade rural localizada a cerca de 20 metros da BR – 285 na localidade conhecida como “Pindurico”, em Bom Jesus.

Conforme informações do delegado Reinaldo, a droga estava em meio a umas pedras existentes na referida propriedade.

Já por volta das 10h40min ainda da manhã dessa quinta-feira, informações davam conta de que policiais de Bom Jesus e Jaquirana localizaram na localidade conhecida como “Quebrada Funda”, um homem que seria o dono da droga apreendida e que foi preso quando tentava fugir em direção à Rota do Sol.

Ainda conforme informações, o individuo tem uma casa próxima a divisa da propriedade onde a droga foi encontrada.

O mesmo está sendo conduzido para a DP de Vacaria onde prestará depoimento.

Desde o encontro da droga, policiais civis de Bom Jesus e Jaquirana e policiais militares procuravam o indivíduo, que colocou-se em fuga pela RS – 110 tentando chegar à Rota do Sol.

Claudiomar Kaiser Duarte, o conhecido “Claudião” foi localizado na perseguição e preso.

Nesse momento ele está sendo apresentado no Plantão da Delegacia de Polícia Civil de Vacaria, para ser autuado em flagrante.

Segundo informações do delegado Defaveri, Claudião era um elo que faltava na Operação SERIP (“Serip”, de “Pires” ao contrário), no qual o alvo principal da investigação era Edgar dos Santos Pires, já preso quando trazia crack de Caxias do Sul para abastecer os municípios dos Campos de Cima da Serra.

Sua propriedade era utilizada para o encontro dos traficantes e guarda da droga, como cocaína, maconha e crack, e a partir daí distribuída para os municípios dos Campos de Cima da Serra.

A investigação dura 60 dias, e é realizada pela Seção de Investigações da DP de Vacaria.

A apreensão de hoje e a prisão em flagrante estão sendo formalizadas na DPPA Vacaria, pelo delegado Carlos Alberto Defaveri, mas a continuidade do inquérito policial fica com o delegado Reinaldo Zequinão Neto, que também participou da operação, e que é titular da DP de Bom Jesus, local da apreensão.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda FM – 93,1 e foto de Luan Fachin/Rádio Nordeste FM

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat