• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

PC alerta para os perigos de acidentes com fogos de artifícios

Digiqole ad

A Polícia Civil de Vacaria, através do Serviço de Inteligência Policial e Análise Criminal (SIPAC) da Delegacia de Polícia Regional (DPR) faz este alerta, com intuito de prevenir acidentes devido as festas de final de ano e também advertir os estabelecimentos que comercializam fogos de artifícios e dos eventos onde sejam empregados fogos de artifício deverão cumprir o que estabelece a Lei Nº 3665 de 21 de novembro de 2000.

A Polícia Civil refere, conforme dados obtidos, que uma em cada 10 pessoas que mexem com fogos de artifício tem membros amputados, principalmente dedos. Além de provocar queimaduras, quando explodem, os fogos podem causar mutilações, lesões nos olhos e até surdez.

“Muitas pessoas compram os fogos, mas elas dão pouca importância para o alto risco desses artefatos, que podem causar mutilações irreversíveis” diz o inspetor Abreu, chefe do SIPAC da DPR/Vacaria.

É nas festas de fim de ano que ocorre o maior índice de acidentes com fogos de artifício, incluindo as explosões com bombas, que têm um alto poder de mutilação disse Abreu, acrescentando que é para evitar que a festa acabe no hospital que a PC faz este alerta no sentido de orientar dos perigos que esses produtos oferecem e assim, manter as pessoas distantes dessa prática.

A advertência vale também, para os estabelecimentos que comercializam e as pessoas que empregam este artefato em festas para que fiquem atentas a legislação vigente, caso contrário poderão serem penalizados.

O inspetor Abreu orienta ainda, que apenas profissionais habilitados devem manipular material explosivo. “Existe uma lei que regulamenta a comercialização de fogos e proíbe que sejam vendidos para crianças”, finaliza o policial.

 

Crédito: Inspetor de Polícia João Carlos Pinto de Abreu (Chefe do Serviço de Inteligência Policial e Análise

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat