• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Pílula com câmera falha em detectar tumores, diz pesquisa

Digiqole ad

A inovadora pílula com câmera – que tira fotos do organismo do paciente enquanto passa pelo sistema digestivo – não é o modo mais indicado para se detectar lesões e indícios de câncer no intestino grosso, afirmaram pesquisadores belgas. De acordo com os especialistas, a colonoscopia é mais eficiente do que a pílula, informou a Reuters.

Testes mostraram que a pílula não consegue mostrar todas as áreas do intestino e acaba não detectando determinados tipos de lesões. De acordo com os estudos, a pílula falha em detectar, em média, cinco de 19 tumores registrados em pacientes através da colonoscopia.

A “PillCam” (nome da pílula com câmera, em inglês) consiste uma uma cápsula transparente de 3 cm que contém uma minúscula câmera dentro. A técnica é utilizada em muitos países da Europa. No entanto, nos EUA, a pílula com câmera ainda é considerada um tratamento experimental.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat