• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Novos celulares esquentam disputa no mercado corporativo

Digiqole ad

Novos aplicativos para áudio, vídeo, games e redes sociais têm dado a tônica dos principais lançamentos da edição deste ano do GSMA World Mobile Congress. Mas enquanto o público fica cada vez mais fascinado pelas novidades do mundo do entretenimento, os grandes fabricantes não perdem de vista outro lucrativo filão do mercado de celulares: os aparelhos de uso profissional, que começam a atrair novos concorrentes de outros segmentos.

A Acer, tradicional fabricante de notebooks, entrou na disputa com o lançamento de sua primeira linha de smartphones, além dos protótipos de uma segunda linha, um total de oito modelos. A linha Tempo é composta pelos modelos DX900, M900, F900 e X960, que serão os primeiros celulares da fabricante a chegar ao mercado. Já os aparelhos F1, C1, L1 e E1 têm previsão de lançamento apenas para o fim do ano. O evento de lançamento focou mesmo na linha Tempo, que foi mostrada com mais detalhes.

Os produtos procuram oferecer um sistema de navegação mais intuitivo e sincronia operacional com computadores portáteis ou de mesa, em versões touchscreen ou com teclado embutido. A companhia espera garantir 10% de seu faturamento total com celulares dentro de três anos.

Os competidores tradicionais da categoria, no entanto, também preprararam lançamentos de peso para este ano. Uma das principais novidades é o Palm Pre, que opera dentro de um conceito de sinergia por meio da internet. O aparelho, com sistema GPS integrado, permite a rápida organização na mesma caixa de entrada de e-mails corporativos ou pessoais do usuário, guardar a troca de mensagens com um mesmo interlocutor – sejam arquivos de correio eletrônico ou SMS – e ainda a integração entre agenda de compromissos e contatos.

O PalmPre, apresentado em primeira mão na Europa durante a feira, ainda não está disponível no mercado e deve ser posto à venda até o final do primeiro semestre, inicialmente apenas nos Estados Unidos.

A Research In Motion, por sua vez, investe no Blackberry Storm, com uma nova tecnologia touchscreen desenvolvida pela empresa, que dá ao usuário a sensação de “clicar” na tela como se usasse um mouse. O conceito, que visa facilitar a navegação e o uso do teclado virtual, acabou recebendo em Barcelona o prêmio Global Mobile na categoria “Melhor Inovação em Tecnologia Móvel”.

A entrada de novos competidores e o avanço de grandes marcas como Nokia e o próprio iPhone levantam dúvidas entre os analistas sobre a viabilidade de convivência de tantos produtos na mesma categoria. Os fabricantes confiam, contudo, no avanço do mercado de celulares inteligentes, que promete manter níveis consistentes de crescimento nos próximos anos.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat