• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Nokia apresenta a visão do celular do futuro

Digiqole ad

Durante o The Way We Live Next 3.0, Heikki Norta, vice-presidente sênior de estratégias corporativas da Nokia, mostrou um vídeo que mostra uma visão de como serão os celulares do amanhã. “Os aparelhos vão liberar as pessoas de amarras locais. Teremos identidades digitais em alta, criando uma espécie de passaporte para se mover nesse novo mundo. E as localizações físicas serão ampliadas pelo mundo digital”, explicou.

O celular de amanhã vai continuar a caber no bolso, mas será mais poderoso e capaz. A nuvem de serviços da Nokia vai fornecer contexto em relação ao local, mas “o celular que irá dar inteligência à rede”, disse Norta. “Os dispositivos também têm que funcionar de maneira independente, usando os recursos de computação mais eficientes possíveis”.

No vídeo demonstrado por Norta, um usuário que se mudou da França para os Estados Unidos se mantém sempre conectado com um tablet/celular, troca informações com televisores e interage com amigos que ficaram longe, podendo mudar de aparelho e manter os dados a qualquer momento.

Em outro exemplo, uma moradora de Barcelona usa o celular como meio para identificar conhecidos em festas, já que o celular mostra, em realidade aumentada, o nome das pessoas em uma festa – e mantém rastros das interações e encontros que teve com elas.

“O maior desafio para o futuro é como filtrar a informação para mostra o que é relevante para o consumidor”, comentou o executivo. “Estamos todos criando conteúdos para redes sociais, e seu consumo e criação se fundem aos poucos”, disse. “As empresas vão ter que aprender a lidar com os dados do consumidor, e criar serviços em tempo real”, finalizou.

Fugindo um pouco da futurologia e entrando na prática, a Nokia anunciou a meta de chegar a 300 milhões de usuários de todos seus serviços online (mapas, música, aplicativos, entre outros) em todo o mundo até o final de 2011. Hoje esse número está próximo de 70 milhões de usuários.

 

Crédito: Terra

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat