• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Na Justiça, Kleber alega danos morais e cobra R$ 30 milhões do Grêmio

 Na Justiça, Kleber alega danos morais e cobra R$ 30 milhões do Grêmio
Digiqole ad

O atacante Kleber entrou na justiça contra o Grêmio e já obteve a rescisão do contrato de trabalho, através de uma liminar. Além disso, o jogador cobra uma série de valores relativos à rescisão contratual, atraso de direitos de imagem e até uma multa por danos morais. No total, o valor que Kleber Gladiador cobra do Grêmio supera os R$ 30 milhões.As informações são do Blog Gre-Nal da Gaúcha.

 

Kleber recebia no Grêmio R$ 583 mil mensais, entre salário, luvas e direitos de imagem. O salário do jogador era de R$ 294 mil. As luvas que o jogador recebeu ao assinar o contrato foram divididas em 60 parcelas, que rendiam ao jogador mais R$ 56 mil, totalizando um salário de R$ 350 mil.

 

Além disso, o Grêmio firmou com o atacante um contrato de exploração da imagem, pagando ao atleta a quantia de R$ 233 mil mensais. Com isso, a soma de salário (R$ 254 mil), luvas (R$ 56 mil) e direitos de imagem (R$ 233 mil) chega aos R$ 583 mil mensais.

 

A alegação principal de Kleber para pleitear a rescisão unilateral de contrato é a falta de pagamento de cinco parcelas dos direitos de imagem, de outubro de 2014 a fevereiro de 2015. A soma equivale a R$ 1,1 milhão.

O contrato firmado entre Kleber e Grêmio, no artigo 12, prevê que, se houver falta de pagamento de pelo menos três parcelas dos direitos de imagem, o jogador terá direito à rescisão contratual.

Baseando-se nisso, Kleber quer do Grêmio as parcelas atrasadas dos direitos de imagem e mais todos os vencimentos mensais restantes até o final do contrato, em 30 de novembro de 2016. A quantia gira em torno de R$ 12 milhões.

Além disso, Kléber reclama do tratamento recebido por parte do Grêmio. Treinando separado desde janeiro, o atleta alega ter tido a sua imagem “arranhada e marcada como a de um “jogador-problema”.

Segundo trecho da petição, o atacante teve atingidas a sua “dignidade, honra e integridade psicológica”. Alega também que foi “discriminado” e submetido a situação “humilhante e vexatória”.

Por isso, cobra do clube uma multa por danos morais. Como o valor pedido é de 50 vezes o salário do atleta (R$ 350 mil), a multa pedida é de R$ 17,5 milhões. Logo, com os direitos de imagem atrasados (R$ 1,1 milhão), a rescisão de contrato (R$ 12 milhões) e a multa por danos morais (R$ 17,5 milhões), o valor cobrado por Kléber é de cerca de R$ 30,6 milhões.

 

 

Crédito: http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/esporte/noticia/2015/05/na-justica-kleber-alega-danos-morais-e-cobra-r-30-milhoes-do-gremio-4755877.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat