• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

MPRS ENTREGA PRÊMIO MIGUEL VELASQUEZ DE DIREITOS HUMANOS 2020

 MPRS ENTREGA PRÊMIO MIGUEL VELASQUEZ DE DIREITOS HUMANOS 2020
Digiqole ad

 

O procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, realizou a entrega, na manhã desta segunda-feira, 14 de dezembro, do Prêmio Miguel Velasquez de Direitos Humanos 2020. Os agraciados foram a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre, pela parceria com o MPRS no projeto “Lei da Escuta 13.431/2017 e o Centro de Referência ao Atendimento Infanto-juvenil”, e o promotor de Justiça de Vacaria Luis Augusto Gonçalves Costa, pela atuação na reconstrução do Asilo Santa Isabel.

 

O “Prêmio Miguel Velasquez de Direitos Humanos”, criado em 2015, visa reconhecer formalmente a dedicação e a relevância dos serviços prestados ao MP e na defesa dos direitos humanos e proteção à infância e juventude. O objetivo é homenagear membros e servidores do Ministério Público, personalidades e instituições com atuação no Estado por seus méritos e relevantes serviços prestados na área.

 

Em sua fala, o promotor premiado Luis Augusto Gonçalves Costa iniciou recordando o dia do incêndio do Asilo Santa Isabel e a agilidade com que a união de esforços entre instituições e comunidade resultou nos valores arrecadados. “Em um mês e meio tínhamos R$ 2 milhões na conta, graças aos governos Federal, Estadual, via Banrisul, MP, Município e comunidade”. Contou também que graças aos contatos feitos em meio à tragédia, nasceu um lar de crianças. “Tudo isso nos faz ver que oportunidades também surgem de dificuldades”, finalizou ele, prometendo seguir a luta e agradecendo pelo reconhecimento da Instituição pelo trabalho de um promotor do interior do estado.

Após incêndio que destruiu o prédio da Associação Beneficente Santa Isabel, em Vacaria, ações articuladas por iniciativa do promotor de Justiça Luis Augusto Gonçalves Costa possibilitaram que a casa, conhecida como Asilo Santa Isabel, fosse reconstruída e inaugurada pouco menos de três anos após a tragédia.

 

O novo asilo foi construído em parte com recursos oriundos do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados e conta com cerca de 1500 metros quadrados de área construída, calefação e aquecimento solar. Com capacidade para 50 internos, o prédio foi totalmente pensado para as necessidades dos idosos.

O MPRS esteve à frente tanto na captação de recursos dos segmentos públicos e privados, como também destinou os R$ 450 mil oriundos do FRBL para a obra, que custou R$ 2,5 milhões. A obra também recebeu doações da comunidade, dos governos federal e estadual, Prefeitura de Vacaria e Câmara de Vereadores local.

 

Encerrando a solenidade, o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, lembrou que este ano o Dia do Ministério Público, comemorado nesta data, seria mais modesto em respeito às mais de 180 mil vidas levadas pela pandemia da Covid-19, além do RS estar, neste momento, no mais alto pico de contaminação, o que impede a realização de uma cerimônia à altura do que os trabalhos premiados merecem.

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat