• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Michel Temer pede apoio de alas do PMDB para reeditar aliança com Dilma

 Michel Temer pede apoio de alas do PMDB para reeditar aliança com Dilma
Digiqole ad

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta segunda-feira (9) estar “confiante” de que a convenção do PMDB, marcada para esta terça (10), irá oficializar o apoio do partido à presidente Dilma Rousseff na eleição de outubro. Temer participou, na Câmara dos Deputados, de reuniões de alas da sigla, como o PMDB Jovem e o PMDB Mulher, para pedir votos e até “boca de urna” para a chapa que compõe com Dilma.

Ele disse não estar preocupado com a ala dissidente da sigla, que promete conseguir pelo menos 30% dos votos contra a reedição da aliança entre PT e PMDB. “Os levantamentos que temos revelam que a aliança será renovada. Eu não estou preocupado com percentual. Se tiver 30%, eles estão reconhecendo a derrota. Tem que ter 51%. Tendo isso, estou satisfeito”, disse o vice-presidente.

Durante o encontro com militantes, Temer pediu que os peemedebistas demonstrem “união” na convenção nacional desta terça. “Quem não tiver voto na convenção, está convidado a fazer boca de urna. Por mais que hoje haja dissidência nos estados, na convenção temos que revelar unidade de ação no plano nacional”, disse o vice-presidente, destacando que “a força do PMDB está na unidade”.

Marcada para começar às 9h desta terça, a convenção nacional do PMDB vai reunir dirigentes da sigla para decidir se será mantida a chapa formada por Dilma e Michel Temer. Uma ala do partido promete votar contra a reedição da aliança, por considerar que o atual governo não deu poder político ao PMDB no primeiro mandato. De acordo com a cúpula do PMDB, a proposta de aliança com o PT deverá receber entre 70% e 80% dos votos dos integrantes da convenção.

Na Câmara, o descontentamento com Dilma fez com que a bancada do PMDB anunciasse “independência”, decidindo que não acompanharia o governo em todas as votações da Casa. Na ocasião, em março deste ano, os deputados da legenda defenderam rever a aliança com o PT no plano nacional.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat