• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Mais de três milhões de crianças já comparecem aos postos

Digiqole ad

Nos primeiros quatro dias da campanha de atualização da caderneta, 845.455 mil crianças, menores de cinco anos, foram vacinadas contra doenças, como poliomielite, sarampo, rubéola, caxumba, coqueluche, meningite, entre outras. Este número representa 28% do contingente de três milhões de crianças que compareceram a um dos 34 mil postos de vacinação espalhados por todo o país. Contudo, nem todas precisaram tomar vacinas porque já estavam com a caderneta em dia.

O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, destacou a importância desta ação. “É a primeira vez que realizamos no Brasil um tipo de campanha como esta, com a oferta de todas as vacinas para atualizar o cartão da criança. Como o Programa Nacional de Imunizações oferece um número grande de vacinas – que são aplicadas em períodos diferentes – não é raro as crianças estarem com o calendário atrasado”, ressaltou.

De acordo com o secretário, se o calendário de vacinação não estiver em dia, a criança fica desprotegida até que ocorra a atualização. “Por isso esta campanha é importante. Se a criança está com o calendário totalmente atualizado, não vai tomar vacina, mas se estiver com alguma atrasada, precisa receber as doses naquele momento”, afirmou o secretário.

A ação tem como objetivo reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal e, consequentemente, diminuir o risco de transmissão de doenças que podem ser prevenidas. Estão disponíveis todas as vacinas do calendário básico da criança. São elas: BCG, hepatite B, pentavalente, vacina inativada poliomielite (VIP), vacina oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

Até o final da tarde desta terça-feira, foram aplicadas 1.339.946 doses de vacinas nas crianças menores de cinco anos de idade. A vacina tríplice bacteriana (DTP) foi a mais utilizada, com 298.120 doses administradas. Também foram aplicadas 237.216 doses da vacina oral poliomielite, 239.547 doses da vacina tríplice viral e 152.989 doses da vacina pneumocócica conjugada 10 valente. Os dados são preliminares e representam o que foi registrado pelos municípios até este momento.

Do total de doses aplicadas, a maior parte foi em crianças menores de um ano (477.848). Foram ainda aplicadas 316.075 em crianças de um ano de idade. Outras 38.449 doses foram administradas em crianças de dois anos de idade. Já na faixa etária de três anos, foram aplicadas 28.040. Entre aquelas com quatro anos de idade, foram administradas 482.654 doses.

A campanha é realizada em conjunto entre o Ministério da Saúde e as secretarias estaduais e municipais de saúde de todo o país. Para a operacionalização desta estratégia, o Ministério da Saúde repassou R$ 18,6 milhões do Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos fundos estaduais e municipais.

 

Crédito: Agência Saúde

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat