• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Mais de 20 mil pessoas estão fora de casa devido às cheias no Estado

 Mais de 20 mil pessoas estão fora de casa devido às cheias no Estado
Digiqole ad

O relatório divulgado às 11h deste domingo pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul aponta que 20.233 pessoas continuam fora de casa no Rio Grande do Sul. No informe anterior, do início da manhã, o número de pessoas atingidas por enchentes e enxurradas era de 19.613. Segundo a Defesa Civil, há 1.732 desabrigados — que precisam de um abrigo fornecido pelo governo —, e 18.501 desalojados — que estão em casas de parentes e amigos. O número de cidades afetadas chega a 126.

Entre as cidades atingidas, 78 decretaram situação de emergência. As cidades de Iraí, no norte, atingida por alagamentos, e de Barra do Guarita, Noroeste, atingida por enxurradas, estão em situação de calamidade pública.

Segundo a Defesa Civil, a previsão é de que o nível do Rio São Borja começasse a baixar a partir deste sábado. Em Itaqui e Uruguaiana, o volume de águas deve diminuir a partir deste domingo. Assim, o padrão normal seria atingido entre terça e quarta-feira.

A previsão do tempo indica uma trégua nas chuvas nos próximos dias. Uma massa de ar polar que chega na noite deste domingo ao Estado deixará uma semana fria e seca.

Chuva causou duas mortes e mulher segue desaparecida

A chuva que atinge o Estado já provocou duas mortes, de Eracildo Luiz Assmann, 56 anos, em Arroio do Tigre, e José Lindomar da Silva, 40 anos, em Jacutinga. A namorada de Eracildo, Paula Thom, 23 anos, segue desaparecida. O carro em que o casa estava caiu no rio Caixão, em Arroio do Tigre, na noite do último sábado.

 

Crédito: Pioneiro

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat