• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Má administração de patrocínios faz governo cortar verba do vôlei

 Má administração de patrocínios faz governo cortar verba do vôlei
Digiqole ad

A má administração da verba dos patrocínios e convênios na gestão Ary Graça na Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) continua trazendo prejuízos para a modalidade. Segundo informações da ESPN Brasil, as irregularidades fizeram com que o Ministério do Esporte interrompesse a verba para a CBV este ano.

“Após as denúncias, ainda que não se referissem a recursos provenientes de parcerias firmadas com o Ministério do Esporte, foram adotadas uma série de medidas junto à CBV, envolvendo solicitação de esclarecimentos e exigências de readequações, além da intensificação das ações de controle e fiscalização já realizadas de forma permanente no acompanhamento dos convênios”, afirma o Ministério à ESPN Brasil.

De 2011 a 2013 a verba repassada do Ministério para a CBV só aumentava. Em 2011, o valor era de quase R$ 6,8 milhões. Dois anos depois, subiu para mais de R$ 23,7 milhões. As exigências de readequações do Ministério do Esporte, a partir das denúncias à entidade, fez com que o órgão não repassasse verbas para a entidade em 2014.

 

Crédito: Correio do Povo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat