• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Levantamento inédito da obra dos Mamonas Assassinas surpreende

 Levantamento inédito da obra dos Mamonas Assassinas surpreende
Digiqole ad

Há exatos 20 anos, a banda Mamonas Assassinas saiu de cena. Os integrantes do grupo, que morreram em decorrência de um trágico acidente de avião, deixaram apenas 25 fonogramas cadastrados no Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) em sua meteórica carreira, que durou quatro anos. Por causa da efeméride, o órgão acaba de fazer um interessante levantamento da obra dos Mamonas pela primeira vez.

Entre 2004 e 2015, as músicas mais tocadas do grupo (em casas de diversão, casas de festas, boates, rádio, shows e sonorização ambiental) foram ‘Pelados em Santos’, ‘Robocop Gay’ e ‘Vira-vira’. Os sucessos da banda não foram esquecidos e até hoje são interpretados por outros artistas em shows e eventos.

Ainda segundo o Ecad, entre as canções mais regravadas por outros artistas estão “no top 5”, respectivamente, ‘Pelados em Santos’, ‘Robocop Gay’, ‘Chopis centis’, ‘Vira-vira’ e ‘Sábado de Sol’. Os direitos autorais referentes à execução pública dessas músicas continuam sendo distribuídos aos herdeiros de Dinho, Bento Hinoto, Júlio Rasec, Samuel Reoli e Sérgio Reoli  pelo Ecad.

 

Crédito: http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/bruno-astuto/noticia/2016/03/levantamento-da-obra-dos-mamonas-assassinas-mostra-que-eles-continuam-em-alta.html

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat