• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Laudo da vistoria realizada no Casarão dos Rodrigues sai nos próximos dias

Digiqole ad

Em entrevista coletiva concedida aos órgãos de comunicação de Vacaria, na manhã dessa terça-feira, dia 25, o promotor de Justiça, Dr. Eduardo Lumertz, disse que possivelmente até o início da próxima semana, o laudo técnico oficial definitivo sobre a situação da obra do casarão que serviu de moradia para o coronel Libório Rodrigues, deverá estar em suas mãos.

Desde 2007, a referida residência que foi erguida em 1921, faz parte do Patrimônio Histórico Municipal de Vacaria.

Localizada no Centro da cidade (entre a Multisom e o Clube do Comércio), o “casarão” estava sendo restaurado e foi interditado no último dia 18, porque corria o risco de desmoronamento.

Ontem, segunda-feira, dia 24, o arquiteto Andrea, integrante da Divisão de Assessoramento Técnico (DAT), do Ministério Público Estadual, juntamente com um representante do proprietário do imóvel, representantes da Prefeitura Municipal e da Defesa Civil do município, estiveram realizando as vistorias necessárias na referida obra.

Segundo informações do promotor Eduardo, o arquiteto do DAT, constatou que algumas medidas devem ser tomadas de forma urgente, sendo primeiramente um “escoramento” na fachada do prédio, ao menos no lado externo para que com isso, se possa trabalhar na parte interna da casa. Mas a originalidade da fachada do prédio deve permanecer.

Atualmente, o fluxo de veículos continua sendo usado em uma das vias em frente às obras do casarão.

Indagado sobre essa questão, o Dr. Eduardo salientou que a Guarda Municipal em conjunto com a Defesa Civil e a Prefeitura é quem deve definir qual trajeto os condutores deverão usar para que o fluxo de veículos possa fluir melhor enquanto as obras são realizadas no local.

“Mas devido a este escoramento que possivelmente será sugerido pelo Ministério Público, provavelmente o trânsito naquele local deverá ser interrompido”, finalizou o promotor Eduardo Lumertz.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda FM – 93,1

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat