• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

José Ivo Sartori anuncia os três primeiros secretários

 José Ivo Sartori anuncia os três primeiros secretários
Digiqole ad

O governador eleito José Ivo Sartori anunciou na tarde desta quinta-feira os nomes de Carlos Búrigo como titular da Secretaria-Geral de Governo, Giovani Feltes como comandante da Secretaria da Fazenda e Márcio Biolchi como chefe da Casa Civil. Todos do PMDB, eles são os três primeiros secretários anunciados para a nova gestão.

Braço direito de Sartori, Carlos Búrigo é ex- secretário de Finanças e Gestão em Caxias do Sul. Na campanha que deu a vitória a Sartori como governador do Estado, atuou como personagem-chave na montagem e execução das tarefas.Tem 20 anos de PMDB e governou São José dos Ausentes por dois mandatos.

Quando Sartori tornou-se prefeito de Caxias, convidou-o a assumir a Secretaria de Gestão e Finanças. Por dois mandatos, Búrigo foi o homem forte do governo. Continuou no cargo quando o vice de Sartori, Alceu Barbosa Velho (PDT), elegeu-se.

Ao referir-se a Carlos Búrigo, Sartori comentou que ele terá o importante papel de comandar, articular e integrar os processos internos do governo e de cuidar de todas as ações das secretarias.

— Essa função vai demandar uma capacidade de integração e unificação de propostas e atividades — afirmou.

Em seu pronunciamento, Búrigo afirmou que as ações a serem implementadas pelo Executivo estão sendo profundamente estudadas e dentro de uma ótica integrada entre os secretários.

— A tônica desta administração será de forma integrada, mas cada um tendo a responsabilidade de conduzir sua pasta. E a secretaria geral vai ser um caminho para tornar as ações e projetos das demais pastas de forma menos burocrática e mais rápida — antecipou.

Giovani Feltes, 57 anos, nasceu em São Leopoldo. Casado, o empresário é pai de quadrigêmeos. Já foi vereador por três mandatos e três vezes prefeito de Campo Bom.

Cumpre seu terceiro mandato como deputado estadual e, atualmente, é o líder partidário do PMDB. Tem como bandeiras o novo pacto federativo e maior apoio aos municípios e o enfrentamento dos gargalos de logística do Estado. Participa também da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Coureiro-Calçadista. Nestas eleições, foi eleito deputado federal.

Sartori mencionou que Feltes vai cumprir a tarefa de cuidar das finanças do Rio Grande do Sul.

— Nós sabíamos que a situação financeira era difícil, mas não sabíamos a sua profundidade. No entanto, não vai faltar determinação e coragem para enfrentarmos as dificuldades que se apresentarem — assegurou.

Devido a um compromisso assumido fora do Estado, o futuro secretário da Fazenda não compareceu ao anúncio. Ele comunicará sua expectativa diante do novo cargo na próxima terça-feira.

Natural de Carazinho, Márcio Della Valle Biolchi tem 35 anos. É casado e deputado estadual por três mandatos. Ingressou na vida pública em 2000, quando foi eleito o vereador mais jovem e mais votado de Carazinho. Em 2002, foi eleito deputado estadual pela primeira vez.

Já em 2008, assumiu como titular da Secretaria do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais (Sedai), onde permaneceu por dois anos. Entre suas bandeiras, defende a modernização da gestão no serviço público, a inovação tecnológica no setor primário e a utilização de energias renováveis. Nestas eleições, foi eleito deputado federal e ganhou uma das 31 vagas para os gaúchos na Câmara dos Deputados, em Brasília.

O governador eleito assinalou que Biolchi aceitou a missão de ser o articulador político da nova gestão, ficando responsável pelo relacionamento com o conjunto de toda a sociedade gaúcha.

— Com certeza não vai lhe faltar preparo e habilidade para empreender esta importante tarefa — destacou Sartori.

Biolchi afirmou que seguirá os preceitos de um governo “simples, honesto e eficiente”.

— Certamente, as pessoas vão perceber uma evolução na presença do governo em suas vidas. A Casa Civil tem esse poder de articulação junto com a sociedade — explicou.

José Fogaça e Mauro Pereira ganham vagas na Câmara

Com a confirmação de dois deputados federais na equipe de Sartori (Feltes e Biolchi), José Fogaça e Mauro Pereira assumem vaga na Câmara. José Ivo Sartori assume o governo no dia 1º de janeiro e realiza ao lado de Tarso Genro, atual governador, o processo de transição.

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat