• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Invicto, Brasil passa fácil pela China e segue firme em busca do ouro inédito

 Invicto, Brasil passa fácil pela China e segue firme em busca do ouro inédito
Digiqole ad

Em Trieste, Verona ou Milão, as brasileiras seguem sem ver quem vem pela frente. Na estreia pela terceira fase do Mundial da Itália, a seleção bicampeã olímpica deu mais um show, no imponente ginásio Mediolanum Forum, nesta quarta-feira, na capital mundial da moda. Desta vez, as coadjuvantes da partida foram as chinesas, que não fizeram frente ao ótimo entrosamento verde e amarelo. Liderado pelas ponteiras Fernanda Garay e Jaqueline, e a central Thaísa, o Brasil atropelou as orientais por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/16 e 25/14 e ficou mais perto das semifinais da competição italiana.

O trio Garay, Jaque e Thaísa anotou 15 pontos cada. As ponteiras comandaram o ataque, marcando metade dos 49 pontos brasileiros neste fundamento. Já Thaísa foi responsável por sete dos 11 pontos do time de bloqueio. Pelo lado chinês, o destaque mais uma vez foi a jovem Ting Zhu, de 19 anos, que anotou 10 pontos.

-O diferencial hoje foi que entramos muito concentradas. Estudamos a China muito bem e conseguimos colocar tudo em prática. Paramos os pontos fortes delas. Nosso bloqueio foi muito forte, o saque preciso, e são fatores determinantes. Foi uma ótima partida. É menos um jogo. Sabíamos que seriam quatro finais pela frente e agora é menos uma – afirmou Fê Garay ao fim da partida.

Com a vitória, o Brasil assumiu a ponta do Grupo H da terceira fase com três pontos. Além da China, completa a chave a equipe da República Dominicana. No Grupo G, estão Itália, Estados Unidos e Rússia, que iniciam a disputa na tarde desta quarta. As duas primeiras seleções de cada lado avançam para as semifinais do Mundial.

A seleção brasileira folga nesta quinta-feira, quando as chinesas tentarão a recuperação diante da República Dominicana, e volta à quadra na sexta-feira, às 12h30 (de Brasília), para enfrentar a equipe caribenha. No caso de uma vitória da República Dominicana sobre a China, as meninas do Brasil entram na partida de sexta já classificadas. O SporTV transmite ao vivo e o GloboEsporte.com acompanha todos os lances do jogo no Tempo Real com vídeos. Os assinantes do Canal Campeão também podem assistir pelo SporTV Play.

O JOGO
As chinesas abriram boa vantagem logo no início da partida, depois de Sheilla pisar na linha na hora do saque e Chunlei Zeng acertar um ace: 5/2. A ponteira Jaqueline cravou dois ataques, deixando tudo igual: 6/6. A virada veio com uma bancada de Fê Garay: 8/7. A central Thaísa apareceu bem pelo meio, e a seleção começou a abrir vantagem: 12/10. Fabiana no bloqueio, e Fê Garay, no saque, somaram mais dois: 18/13. A ponteira Ting Zhu, de apenas 19 anos, dava conta do recado quando as bolas chegavam boas para ela. Do outro lado, porém, Jaque e Garay seguiram comandando o eficiente ataque brasileiro. Depois de um erro adversário, a seleção fechou o set em 25/19.

O segundo set começou com Jaqueline forçando o saque, e o Brasil abrindo logo 5/0, com direito a dois pontos de bloqueio de Thaísa e uma bola fora da China depois de um longo rali marcado por incríveis defesas dos dois lados. Além de Thaísa, Fabiana também apareceu bem nos ataques pelo meio: 9/4. Lideradas por Zeng e Zhu, as chinesas reagiram e encostaram no placar: 10/9. Mas Jaque virou mais uma bola e recuperou o controle do jogo. Fê Garay fez crescer novamente a vantagem com uma pancada na diagonal e um bloqueio: 15/11. A seleção seguiu fazendo a diferença no saque. A oposto Sheilla fez o seu segundo ace no set: 19/13. No fim da parcial, Tandara entrou no lugar de Sheilla e lançou duas pancadas seguidas. Depois, Fê Garay somou mais um ace: 22/14. Com um ataque no fundo de quadra de Tandara, as brasileiras fecharam em 25/16.

As ponteiras brasileiras seguiram dominando o jogo. Depois de dois pontos seguidos de ataque de Jaqueline, o Brasil abriu 6/3. Thaísa apareceu bem no bloqueio, e Jaque soltou mais uma pancada depois de bela defesa de Garay, somando mais dois pontos para a seleção: 10/4. Fabiana também acertou duas belas diagonais: 14/8. Entrosadas, as brasileiras foram abrindo a diferença. Com mais dois pontos de bloqueio de Thaísa, chegaram a 22/14. E foi com ataque da eficiente central que o Brasil fez 25/14 e garantiu a décima vitória no Mundial.

 

Crédito: Globo

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat