• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Inter vence Gre-Nal e conquista pentacampeonato gaúcho

 Inter vence Gre-Nal e conquista pentacampeonato gaúcho
Digiqole ad

Após realizar um primeiro tempo eletrizante, o Inter venceu o Gre-Nal por 2 a 1 na tarde deste domingo no estádio Beira-Rio e conquistou o pentacampeonato no Gauchão. Os gols do Colorado foram marcados por Nilmar e Valdívia, enquanto Giuliano descontou no final da etapa inicial. 

Ligado no 220, Inter abre vantagem no primeiro tempo 

O segundo Gre-Nal que decidiu o Gauchão começou com um panorama totalmente diferente do clássico anterior. Quem esperava um duelo equilibrado nos primeiros 45 minutos, se surpreendeu com um Inter ligado no 220 volts e um Grêmio abatido na etapa inicial. 

O domínio colorado começou a ser construído logo nos primeiros minutos da etapa inicial. Aos cinco minutos, após uma jogada ensaiada, D'Alessandro lançou a bola para Sasha, que de cabeça tocou para Dourado. Já dentro da área, o volante cabeceou firme para uma grande defesa de Marcelo Grohe. 

Em seguida, quando o Grêmio ainda recuperava o fôlego do primeiro grande ataque colorado, uma nova investida do time de Aguirre terminou em gol. Valdívia recebeu dentro da área e invadiu a área a dribles. A bola acabou sobrando para Nilmar, que dividiu com Grohe no toque para o gol. O Inter ali fazia 1 a 0, acabando com a possibilidade disputa de penalidades. 

Os donos da casa não tinham nem começado. E enquanto o Grêmio procurava se reorganizar dentro de campo, o Inter quase chegou ao segundo gol três minutos depois. Aos 10, Sasha buscou na ponta-esquerda uma bola que parecia perdida e invadiu a área. Ele recuou para D'Alessandro, que bateu forte para mais uma grande defesa de Marcelo Grohe.

Aos 18 minutos, quando o Grêmio conseguiu chegar pela primeira vez ao ataque, um novo golpe colorado veio na forma de um contra-ataque. Fellipe Bastos colocou a bola na trave numa cobrança de falta e no lance seguinte o próprio volante errou ao deixar Nilmar ficar com a posse no campo de ataque. O camisa 7 avançou e tocou para Valdívia, que sem marcação fez 2 a 0. 

A partir daí, o Grêmio decidiu acordar na partida e até controlou bem as novas investidas do Inter. O Colorado continuava melhor, mas as peças do meio-campo gremistas já apareciam mais. Giuliano, Luan e Douglas estavam mais ativos e o setor foi mais protegido depois que o técnico Luiz Felipe Scolari tirou Fellipe Bastos para a entrada de Walace. 

No apagar das luzes do primeiro tempo, o Grêmio conseguiu ser efetivo no ataque e furou o bloqueio colorado. Após uma cobrança de falta, Rhodolfo cabeceou para uma boa defesa de Alisson. No rebote, Giuliano tocou a bola para o fundo das redes, fazendo 2 a 1 e alimentando a esperança de uma reação gremista no segundo tempo. 

Grêmio volta melhor, mas não evita derrota 

Diferentemente do primeiro tempo, a etapa complementar começou mais equilibrada no Beira-Rio. O Grêmio voltou melhor posicionado e com iniciativa. A entrada de Walace começou a fazer efeito e Yuri Mamute já dava ao time mais presença no ataque. 

O Inter voltou para o segundo tempo aceso, mas com uma ausência. Nilmar, com um problema na coxa, foi substituído por Lisandro López. A característica de velocidade se modificou com o argentino em campo. 

O jogo parecia mais nervoso dentro de campo, com um Inter bem mais cauteloso e menos veloz no segundo tempo. O Grêmio já aparecia com mais frequência no ataque, embora não conseguisse uma conclusão contra o gol de Alisson. Aos 22 minutos, D’Alessandro bateu uma falta da meia-direita para uma boa defesa de Marcelo Grohe. 

A partir das 24 minutos, os principais meias de Grêmio e Inter deixaram o gramado. D’Alessandro saiu para a entrada de Alex, enquanto Douglas foi sacado para o aproveitamento de Everton. O Tricolor claramente apostava na velocidade no segundo tempo. 

A partida permaneceu equilibrada até o fim, com o Inter investindo em tabelas entre Sasha, Lisandro López e Valdívia. O Grêmio buscava o empate que poderia lhe dar o título através de cobranças de falta. O ataque, porém, carecia de efetividade e não chegou a ameaçar o gol de Alisson. 

No final do jogo, aos 44 minutos, o zagueiro Rhodolfo foi expulso após uma entrada forte em Sasha. A saída do defensor já denunciava o fim da linha para o Grêmio, que não conseguiu o empate. O grito de pentacampeão já ecoava no Beira-Rio e só aumentou após o apito final de Leandro Vuaden. 

Campeonato Gaúcho – Final

Inter 2
Alisson; William, Ernando, Alan Costa, Geferson (Alan Ruschel); Dourado, Aránguiz, D’Alessandro (Alex), Valdívia; Eduardo Sasha e Nilmar (Lisandro López). Técnico: Diego Aguirre

Grêmio 1
Marcelo Grohe; Matías , Rhodolfo, Erazo, M. Oliveira; Fellipe Bastos (Walace), Maicon, Giuliano, Douglas; Luan e Braian (Mamute)
Técnico: Luis Felipe Scolari

Gols: Nilmar, aos 8/1º;  Valdívia, aos 18/1º,  e Giuliano, aos 45/1º.  
Cartões Amarelos: Fellipe Bastos (G); Aránguiz (I); Walace (G); Marcelo Oliveira (G); Valdívia (I) Ernando (I); 
Cartão Vermelho: Rhodolfo (G).

Local: Beira-Rio
Árbitro: Leandro Vuaden

 

Crédito: http://correiodopovo.com.br/Esportes/555489/Inter-vence-GreNal-e-conquista-pentacampeonato-gaucho-

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat