• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Indústria nega possibilidade de rato ter entrado em caixa de leite Elegê no norte gaúcho

 Indústria nega possibilidade de rato ter entrado em caixa de leite Elegê no norte gaúcho
Digiqole ad

A BRF, que é responsável pela marca Elegê, divulgou nesta quarta-feira (10) uma nota à imprensa sobre o fato de uma consumidora da cidade gaúcha de Crissiumal ter encontrado no último sábado um rato dentro de uma caixa de leite. As principais informações são de que a tecnologia empregada inviabiliza esta hipótese e que a empresa acompanha todo o fato junto às autoridades, além de que vai tomar as medidas cabíveis.

Ministério Público

O Ministério Público de Crissiumal, que recebeu na terça-feira o fato por parte da Polícia Civil, já ouviu a consumidora e solicitou diversas perícias à vigilância sanitária. A promotoria quer saber desde quando o animal estava morto, se houve contaminação em outros litros do lote TT09IA04:42. Também tem o objetivo de descobrir se o animal teria entrado na caixa na própria indústria ou até mesmo na casa da consumidora.

Os exames serão feitos no roedor, no leite comprado pela consumidora e em outros litros do produto. Até o momento nem a indústria recolheu, nem mesmo as autoridades solicitaram o recolhimento do lote referido. Há o registro de ocorrência policial na delegacia do município.

A nota da BRF:

Com relação ao fato relatado por uma consumidora de leite que, pelas informações divulgadas na mídia seria da Elegê, adquirido no comércio do município de Crissiumal (RS), a companhia esclarece que:

– a tecnologia empregada nos processos industriais utilizados durante a elaboração do produto UHT inviabilizam qualquer hipótese da presença de corpos estranhos no produto a exemplo do caso relatado;

– desde a recepção da matéria prima nas unidades de produção até a destinação aos pontos de venda, o produto passa por rigorosos sistemas de filtragem e por processos de embalagem e transporte desenvolvidos para garantir sua qualidade;

– os processos de produção evitam a penetração de microrganismos e quaisquer outras substâncias de dimensões maiores que milésimos de milímetro;

– o leite é envasado sob condições assépticas em embalagens estéreis e hermeticamente fechadas;

– para garantir os altos padrões de exigência e bem estar de nossos consumidores, a empresa cumpre integralmente a legislação vigente e as normas de inspeção federal, realiza efetivos e diversificados métodos de controle de qualidade e adota as técnicas e equipamentos mais modernos na unidade fabril, para atender a todos os quesitos de segurança na produção;

– a empresa está acompanhando a apuração do fato e adotará as medidas cabíveis junto às autoridades competentes.

BRF

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat