• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

IGP inaugura Sala Lilás em Vacaria

 IGP inaugura Sala Lilás em Vacaria
Digiqole ad

Na próxima quarta-feira, 12, o Instituto-Geral de Perícias inaugura a quinta Sala Lilás, desta vez em Vacaria. A solenidade será às 11h30min, no Posto Médico-Legal, na Rua Julio de Castilhos, 654-centro. A 1ª Sala Lilás inaugurada no Estado foi no Departamento Médico-Legal no dia 25 de setembro de 2012, em Porto Alegre.

Em 2013 mais duas Salas Lilás foram instaladas no Rio Grande do Sul, em Santana do Livramento, 31 de outubro, e Caxias do Sul-21 de novembro.
Em 2014, já foi inaugurada a Sala Lilás de Bagé, no último dia 07, e na data já citada, Vacaria também passará a contar com o serviço.

Na Sala Lilás, as mulheres têm total privacidade, enquanto aguardam o atendimento para a perícia física são recebidas pelo serviço psicossocial e podem fazer o retrato falado digital.

A perícia física compreende o exame de lesões e a coleta de material biológico para exames periciais. O serviço psicossocial foi criado para ajudar as vítimas de violência doméstica e familiar e de abuso sexual.

Assistentes sociais reúnem informações sobre as condições sociais dos usuários e, a partir delas, fazem um melhor encaminhamento à rede social de proteção. O retrato falado digital, por sua vez, é feito no Photoshop. A vítima é atendida por profissionais qualificados.

Ainda se usa um kit padronizado de coleta de material para vítimas de agressão sexual e são oferecidas vestes íntimas descartáveis. Assim a mulher não precisa se constranger enquanto a lingerie original – muitas vezes contendo vestígios de sêmen do agressor – é recolhida e encaminhada para análise com as demais amostras coletadas.

O kit de coleta de material para vítimas de agressão sexual já está sendo utilizado nos 36 Postos Médico-Legais do RS. A padronização do kit de coleta para as vítimas de agressão sexual, foi desenvolvida também pelo IGP, através do Departamento de Perícias Laboratoriais (DPL) e do Departamento Médico-Legal (DML).

Além dos atendimentos, o Instituto-Geral de Perícias, (IGP) trabalha na qualificação dos dados e na análise estatística da violência doméstica e familiar. É utilizado um software desenvolvido especialmente para gerenciamento, controle e emissão dos trabalhos periciais, com recorte de gênero e controle do número de casos de agressões.

 

Crédito: Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo.

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat