• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Identificado e indiciado o segundo autor de assalto a mão armada

Digiqole ad

A Polícia Civil, pela Delegacia de Polícia de Vacaria, remeteu à Justiça, no dia de hoje, 31.2013, o segundo inquérito policial relativo à OPERAÇÃO TRENÓ, que investigou assalto ocorrido na localidade de Macena, interior do Município de Vacaria, no dia 29.08.2013.

Na ocasião, dois assaltantes chegaram à residência das vítimas, por volta das 14 horas, abordaram mãe e filha de 11 anos e, armados de espingardas e encapuzados, anunciaram assalto, ameaçaram de morte e amarraram ambas, exigindo dinheiro e armas.

Em seguida, chegaram o pai e filho de 8 anos, que também foram amarrados e ameaçados de morte, ficando sob a mira constante de armas de fogo até as 19 horas e 30 minutos, ou seja, por quase seis horas.

Durante o assalto, os bandidos se alimentaram, tomaram cerveja e vinho que haviam na residência e roubaram um automóvel, dois televisores, uma motosserra, um lava-jato, diversas roupas, talheres e celulares.

O primeiro suspeito do assalto, NATAL RIBEIRO DOS SANTOS, homem de 28 anos, foi preso por agentes da Delegacia de Polícia de Vacaria, em casa, no Bairro Imperial, em Vacaria, no dia 02.09.2013, na posse de uma espingarda calibre 20, oito cartuchos calibre 20, além de uma motocicleta furtada na Cidade de Campestre da Serra, sendo que se encontra recolhido no Presídio Estadual de Vacaria até a presente data.

Dado prosseguimento às investigações, foi identificado o segundo autor do crime, de nome WILLIAN RIBEIRO LOPES, homem de 27 anos de idade, que já se encontrava preso por outro assalto cometido, na cidade de Vacaria, no dia 28.09.2013, ocasião em que, armado com um facão e acompanhado de comparsa, WILLIAN invadiu um estabelecimento comercial localizado no Bairro Monte Claro e roubou todo o dinheiro encontrado dentro do Mercado, além agredir violentamente o proprietário com golpes de facão.

WILLIAN RIBEIRO LOPES é indivíduo violento e perigoso que possui várias passagens na polícia, sendo suspeito da prática de muitos crimes graves como roubo, porte ilegal de arma de fogo, furtos, lesão corporal e outros crimes.

NATAL RIBEIRO DOS SANTOS e WILLIAN RIBEIRO LOPES foram indiciados por crimes de roubo triplamente majorado, por uso de armas de fogo, concurso de pessoas e restrição da liberdade das vítimas, estando sujeitos a penas que podem variar entre 5 e 15 anos de prisão.

 

Crédito: Delegacia de Polícia

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat