• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Ibope: Ana Amélia aparece com 37%, Tarso tem 30%

 Ibope: Ana Amélia aparece com 37%, Tarso tem 30%
Digiqole ad

Pesquisa Ibope para o governo do Rio Grande do Sul divulgada nesta quarta-feira mantém Ana Amélia Lemos (PP) à frente das intenções de voto na disputa ao Piratini. A candidata aparece com 37% — um ponto percentual a menos do que no levantamento divulgado em 10 de setembro —, e Tarso Genro (PT) tem 30%, o mesmo índice da pesquisa anterior.

Na terceira colocação, está José Ivo Sartori (PMDB) com 15% das intenções, que cresceu quatro pontos percentuais em relação ao Ibope anterior. Vieira da Cunha (PDT) tem 1% e, juntos, Edison Estivalete Bilhalva (PRTB), Humberto Carvalho (PCB) e Roberto Robaina (PSOL) alcançaram 1%. Brancos e nulos representam 7%, e 9% dos eleitores não sabem ou não responderam à pesquisa.

No segundo turno, Ana Amélia venceria com 47%

O Ibope simulou um eventual segundo turno entre Ana Amélia e Tarso. A candidata do PP venceria a eleição, conforme o levantamento, com 47%, contra 33% do atual governador. Já no cenário de um segundo turno entre Ana Amélia e Sartori, a jornalista aparece com 44%, contra 26% do ex-prefeito de Caxias do Sul. Na simulação de uma disputa entre Sartori e Tarso, o petista tem 38% contra 35% do candidato do PMDB.

42% acham que candidata do PP vencerá a eleição

Quando questionados sobre, independente da sua intenção de voto, quem venceria a eleição, 42% dos entrevistados disseram que acreditam na vitória de Ana Amélia, e 29% acreditam na eleição de Tarso. Já 7% creem na vitória de Sartori.

A pesquisa foi contratada pelo Grupo RBS e realizada entre os dias 21 e 23 de setembro. Foram entrevistados 1.008 votantes, e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que de cada cem levantamentos, 95 retratarem o atual momento, considerando a margem de erro. A pesquisa foi registrada no TRE sob o número RS-00020/2014 e no TSE sob o protocolo BR-00768/2014.

 

Crédito: ClicRBS

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat