• TEL: (54) 3231.7800 | 3231.7828 (PEDIDOS DE MÚSICAS)

Homem é preso ao tentar aplicar golpe

 Homem é preso ao tentar aplicar golpe
Digiqole ad

A Policia Civil, pela Delegacia de Polícia de Vacaria, prendeu em flagrante, P.R.M.S., homem de 33 anos de idade, prática de crimes de furto, falsificação de documento particular e estelionato.

A prisão aconteceu na manhã de hoje, quando policiais civis integrantes da seção de investigação da Delegacia de Polícia de Vacaria foram informados de que um homem havia subtraído uma folha de cheques em branco de empresário da Cidade de Vacaria, preenchendo-a no valor de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), e estava no centro da Cidade tentado descontá-la.

Os policiais civis dirigiram-se imediatamente ao centro da Cidade e encontraram P.R.M.S., em frente ao crediário de estabelecimento comercial tentando descontar a folha de cheques.

Segundo se verificou no local, o suspeito estava tentando adquirir móveis e eletrodomésticos (televisores, estofados, geladeira, máquina de lavar roupas, antena parabólica, cama, etc.) na loja que passariam do valor de R$ 17.000,00 (dezessete mil reais) e havia apresentado o cheque no valor de R$ 60.000,00, com a assinatura da vítima falsificada, como forma de pagamento.

Posteriormente, ficou-se sabendo que o suspeito já havia tentado descontar a folha de cheque na própria agência bancária onde a vítima tem conta.

P.R.M.S. é natural de Vacaria, RS, e reside no bairro São Francisco, sendo que possui antecedentes e indiciamentos policiais por crimes de lesões corporais em situação de violência doméstica.

P.R.M.S. foi encaminhado ao Presídio Estadual de Vacaria e irá responder a inquérito policial por crimes de furto, falsificação de documento particular e estelionato. O Delegado de Polícia Anderson Silveira de Lima solicitou a prisão preventiva do suspeito ao Poder Judiciário.

Mais fotografias do preso no perfil das Delegacias de Polícia de Vacaria no facebook, no link abaixo: https://www.facebook.com/policiacivil.delegaciasdepoliciadevacaria

 

Crédito: Delegado Anderson Silveira de Lima

 

Digiqole ad

Relacionados

Open chat